Análise da categoria violência de gênero na obra Insubmissas Lágrimas de Mulheres, de Conceição Evaristo

Palavras-chave: Violência de gênero, Relações de poder, Personagens negras, Literatura Afro-brasileira

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar a categoria violência de gênero a partir do estudo dos contos “Aramides Florença” e “Shirley Paixão”, extraídos da obra Insubmissas Lágrimas de Mulheres (2011), da escritora Conceição Evaristo. Procedemos a uma análise de natureza qualitativa, partindo da categoria analítica que envolve dois fenômenos sociais complexos: a violência de gênero e a relação de poder exercida pelos homens sobre as mulheres. A fundamentação teórica é embasada em Pierre Bourdieu (2012) e Heleieth Saffioti (2015). Em uma análise preliminar, observamos que a violência praticada contra as personagens dos contos estudados, vítimas de espancamentos e estupros, representa a objetificação do corpo dessas mulheres e da perpetuação da dominação-exploração feminina, legitimados por um discurso sexista e patriarcal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Franciane Conceição da Silva, Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, PB, Brasil.

Doutora em Literaturas de Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), em Belo Horizonte, MG, Brasil; professora do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas (DLCV), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa, PB, Brasil.

Yve Almeida Leão, Universidade Federal da Paraíba (UFPB), João Pessoa, PB, Brasil

Graduada em Letras Pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em João Pessoa, PB, Brasil; graduada em Direito pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), em Campina Grande, PB, Brasil.

Referências

BOURDIEU, Pierre. A dominação masculina. 2. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2012.

EVARISTO, Conceição. Insubmissas Lágrimas de Mulheres. 2. ed. Rio de Janeiro: Malê, 2016.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Graal, 1981.

GOMES, Heloísa Toller. Algumas palavras sobre a tessitura poética de Olhos D’água. In: DUARTE, Constância Lima; CÔRTES, Cristiane; PEREIRA, Maria do Rosário Alves. (org.). Escrevivências: identidade, gênero e violência na obra de Conceição Evaristo. Belo Horizonte: Idea, 2016, p235-246.

SAFFIOTI, Heleieth. Gênero, Patriarcado e Violência. 2. ed. São Paulo: Expressão Popular: Fundação Perseu Abramo, 2015.

Publicado
2021-11-09
Como Citar
Silva, F. C. da ., & Leão, Y. A. (2021). Análise da categoria violência de gênero na obra Insubmissas Lágrimas de Mulheres, de Conceição Evaristo. Letras De Hoje, 56(2), 232-240. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2021.2.40486
Seção
O Conto Brasileiro Contemporâneo de Autoria Feminina