A lente incerta da poesia: Herberto Helder e Fernando Lemos

Palavras-chave: Poesia, Fotografia, Autorretrato, Herberto Helder, Fernando Lemos.

Resumo

A obra de Herberto Helder tem contribuído para pensar sobre a relação entre a poesia e outras artes, como a fotografia e o cinema. Este artigo explora uma via possível dessa relação a partir do poema “Retratíssimo ou narração de um homem depois de maio”, estendendo a leitura do texto herbertiano a uma obra fotográfica, o autorretrato “Eu poeta” de Fernando Lemos. Considerando que Helder apresenta um “Retratoblíquo” no qual inclui a expressão “Julgo ser eu”, preconizando a incerteza figurativa do poema, propõe-se uma ampliação da obliquidade do autorretrato poético para mostrar que a ambiguidade autorretratística pode sugerir o cruzamento de diferentes objetos artísticos aos olhos do leitor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMAR, Pierre-Jean. História da fotografia, tradução de Victor Silva. Lisboa: Edições 70, 2010.

ARAGÃO, António. Os bancos antes da nacionalização. Funchal: [edição do autor], 1975.

BARTHES, Roland. La mort de l’Auteur. In: BARTHES, Roland. Le bruissement de la langue. Essais critiques IV. Paris: Seuil, 1984. 61-67.

BARTHES, Roland. A câmara clara. Lisboa: Edições 70, 2017.

BEAUJOUR, Michel. Miroirs d’encre: rhétorique de l’autoportrait. Paris: Seuil, 1980.

BONAFOUX, Pascal. L’autoportrait au XXe siècle: Moi Je, par soi-même. Paris: Diane de Selliers, 2004.

BRAZ, Paulo. O que vemos, ao ler Herberto Helder: algumas notas. ELyra: revista da rede internacional Lyracompoetics, n.º 6, 71-89, out. 2015. http://elyra.org.

CASTRO, E.M. de Melo e. Antologia para inici-antes. Porto: Ausência, 2003.

DURAND, Régis. Fernando Lemos ou a leveza do signo. In: À sombra da luz [catálogo de exposição]. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1994. [s.p.]

Fernando Lemos. À sombra da luz [catálogo de exposição]. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1994.

Fernando Lemos. À sombra da luz: à luz da sombra. Fotografias 1949-1952 [catálogo de exposição]. São Paulo: Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2004.

FREITAS, Manuel de. Uma espécie de crime: Apresentação do rosto de Herberto Helder. Lisboa: &etc, 2001.

GONÇALVES, António. Fernando Lemos. Entrevista [entrevista com Fernando Lemos]. In: AA.VV., Eu sou fotografia. Fernando Lemos. Vila Nova de Famalicão: Fundação Cupertino de Miranda, 2011. 14-23.

GUEDES, Maria Estela. Herberto Helder, poeta obscuro. Lisboa: Moraes, 1979.

HELDER, Herberto. A colher na boca. Lisboa: Guimarães, 1961.

HELDER, Herberto. Lugar. Lisboa: Guimarães, 1962.

HELDER, Herberto. Apresentação do rosto. Lisboa: Ulisseia, 1968.

HELDER, Herberto. Poemas completos, 2.ª edição. Porto: Porto Editora, 2015a.

HELDER, Herberto. Photomaton & vox, 6.ª edição. Porto: Porto Editora, 2015b.

LEMOS, Fernando. Cá & lá. Poesia. Antecedido de teclado universal. Lisboa: INCM, 1985.

LEMOS, Fernando. Depoimento 2. Depoimento 3. In: À sombra da luz [catálogo de exposição]. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1994. [s.p.]

LEMOS, Fernando. Biografia I. In: Fernando Lemos. À sombra da luz: à luz da sombra. Fotografias 1949-1952 [catálogo de exposição]. São Paulo: Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2004. 96-99.

LOPES, Silvina Rodrigues. A inocência do devir. Ensaio a partir da obra de Herberto Helder. Lisboa: Vendaval, 2003.

MAFFEI, Luis. Herberto Helder, um retrato. In: Todas as musas, ano 1, n.º 2, 66-80, jan.-jul.de 2010. https://www.todasasmusas.org.

MARINHO, Maria de Fátima. Herberto Helder: a obra e o homem. Lisboa: Arcádia, 1982.

MARTELO, Rosa Maria. A forma informe. Leituras de poesia. Lisboa: Assírio & Alvim, 2010.

MARTELO, Rosa Maria. Os nomes da obra: Herberto Helder ou o poema contínuo. Lisboa: Documenta, 2016.

MEDEIROS, Margarida. Fotografia e verdade. Uma história de fantasmas. Lisboa: Assírio & Alvim, 2010.

MOLDER, Jorge. [Sem título]. À sombra da luz [catálogo de exposição]. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1994. [s.p.] O rosto da máscara. Auto-representação na arte portuguesa [catálogo de exposição]. Lisboa: Centro Cultural de Belém, 1994.

PEREIRA, Mariana. Lemos. Um retrato de quem fixou um adeus português. In: Diário de Notícias [online], fev. 2018. https://www.dn.pt.

PINHARANDA, João Lima. Fernando Lemos. In: O rosto da máscara. Auto-representação na arte portuguesa [catálogo de exposição]. Lisboa: Centro Cultural de Belém, 1994. 180-183.

RIBEIRO, Eunice. O autorretrato em literatura: ilustração e ruína. Limite, n.º 9, 321-335, 2015. http://www.revistalimite.es.

RUBIM, Gustavo. [Recensão crítica a A faca não corta o fogo. Súmula & inédita, de Herberto Helder]. In: Colóquio/Letras, n.º 172, 215-217, set. 2009.

SERÉN, Maria do Carmo. Fernando Lemos: a fotografia surrealista, tradução de Maria Luísa Santos Costa. Porto: Mimesis, 2002.

Publicado
2020-04-28
Como Citar
Ferreira, T. J. (2020). A lente incerta da poesia: Herberto Helder e Fernando Lemos. Letras De Hoje, 55(1), e33729. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2020.1.33729
Seção
Qual é a amplitude da literatura quando a palavra literária se espalha pelas artes?