Leitura e escrita no ensino superior: reconstruindo caminhos para as “literacias acadêmicas”

Palavras-chave: Leitura. Escrita. Ensino superior. Literacias acadêmicas.

Resumo

O objetivo principal deste estudo é identificar e caracterizar as práticas de leitura e de escrita de estudantes de Comunicação Social e as suas possíveis repercussões em relação ao seu desenvolvimento profissional. Participaram 26 estudantes do 3º ano (unidade curricular de Escrita Criativa) e os seus portfólios foram utilizados como instrumento de análise. Privilegiamos uma abordagem de natureza qualitativa, tendo como referencial metodológico o estudo de caso. Inferimos que: i) a maioria dos estudantes prefere ler em suporte impresso; ii) o seu perfil de leitor é multifacetado, destacando-se as categorias “leitor assíduo” e “leitor muito motivado”; iii) as suas práticas de escrita são diversificadas, sobressaindo os “textos pessoais” e as “notícias”; e iv) valorizam o contributo da escrita criativa para a sua futura profissão. Concluímos que tais práticas de leitura e de escrita exigem atenção redobrada em um contexto acadêmico, de modo a promover a sua diversidade, auxiliando os estudantes no seu futuro desempenho profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dulce Helena Melão, Escola Superior de Educação de Viseu, Instituto Politécnico, Viseu
Doutora em Educação pela Universidade de Aveiro (Portugal). Escola Superior de Educação de Viseu (ESEV), Instituto Politécnico, Viseu, Portugal.

Referências

ADSIT, Janelle. The writer and meta-knowledge about writing: threshold concepts in creative writing. New Writing, [s. l.], v. 14, n. 3, p. 304-315, Mar. 2017. https://doi.org/10.1080/14790726.2017.1299764

ALENCAR, Eunice Maria Lima Soriano; FLEITH, Denise de Souza. Criatividade na educação superior: fatores inibidores. Avaliação, Campinas, v. 15, n. 2, p. 201-206, jul. 2010. https://doi.org/10.1590/S1414-40772010000200011

ANTONIOU, Maria; MORIARTY, Jessica. What can academic writers learn from creative writers? Developing guidance and support for lecturers in higher education. Teaching in Higher Education, [s. l.], v. 13, n. 2, p. 157-167, Apr. 2008. https://doi.org/10.1080/13562510801923229

BALÇA, Ângela et al. Leitores em construção (?) Leitura(s) no ensino superior em Portugal: alguns indicadores. In: MARTOS, Eloy; RÖSING, Tania M. K. (coord.) Prácticas de lectura y escritura. Passo Fundo: Universidade de Passo Fundo, 2009. p. 237-258.

BARBEIRO, Luís Filipe; PEREIRA, Luísa Álvares. O ensino da escrita: a dimensão textual. Lisboa: Direção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular, 2007.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. 3. ed. Lisboa: Edições 70, 2004.

BARON, Naomi. The fate of reading in a digital world. Oxford: Oxford University Press, 2015.

BORTOLANZA, Ana Maria Esteves; BALÇA, Ângela. Perfil leitor de universitários ingressantes em um curso de formação de professores. In: CHALETA, M. L. et al. (coord.). Actas da II international conference learning and teaching in higher education and learning orchestration in higher education. Évora: Universidade de Évora, 2013. p. 279‐296.

CARDOSO, Adriana, SEBASTIÃO; Isabel; TEIXEIRA, Carla. Escrita colaborativa no ensino superior: análise exploratória da interação entre pares no quadro do interacionismo sociodiscursivo. In: BROCADO, M. Teresa;

CORREIA, C. Nunes (org.). Cadernos WGT: (novos) balanços e perspetivas. Lisboa: FCSH, 2018. p. 19-26.

CARLINO, Paula. Alfabetización académica diez años después. Revista Mexicana de Investigación Educativa, [s. l.], v. 17, n. 57, p. 355-381, abr./jun. 2013.

CARVALHO, José António Brandão. Aula de língua e literacia académica: rupturas e interseções. Linguagem & Ensino, Pelotas, v. 18, n. 1, p. 79-97, jan./jun. 2015.

CARVALHO, José António Brandão. A transição para o ensino superior: novos contextos, novas práticas de literacia. In: PEREIRA, L. Álvares; CARDOSO, Inês (coord.). Reflexão sobre a escrita: o ensino de diferentes géneros de textos. Aveiro: Universidade de Aveiro, 2013. p. 225-239.

COIRO, Julie. Predicting reading comprehension on the Internet: contributions of offline reading skills, online reading skills, and prior knowledge. Journal of Literacy Research, [s. l.], v. 43, n. 4, p. 352‐392, Dez. 2011. https://doi.org/10.1177/1086296X11421979

COUTO, Mia. Pensatempos: textos de opinião. Lisboa: Editorial Caminho, 2005.

DAVIDSON, Neil; MAJOR, Claire Howell. Boundary crossings: cooperative learning, collaborative learning, and problem-based learning. Journal on Excellence in College Teaching, [s. l.], v. 25, n. 3/4, p. 7-55, Mar. 2014.

DOBLER, Elizabeth.; EAGLETON, Maya B. Reading the web. 2. ed. New York: Guildford Press, 2015.

DRENNAN, Laura. Traversing the spaces of higher education through writing. Reading & Writing, [s. l.], Cape Town, v. 8, n. 1, p. 1-8, Apr. 2017. https://doi.org/10.4102/rw.v8i1.126

FULLER, Danielle; SEDO, DeNel Rehberg. Reading beyond the book: the social practices of contemporary literary culture. New York: Routledge, 2013. https://doi.org/10.4324/9780203067741

JOHNSON; David W.; JOHNSON, Roger T.; SMITH, Karl A. Cooperative learning: Improving university instruction by basing practice on validated theory. Journal on Excellence in University Teaching, v. 25, n. 3/4, p. 85-118, mar. 2014.

LEA, Mary R.; STUART, Brian. The academic literacies model: theory and applications. Theory Into Practice, [s. l.], v. 45, n. 4, p. 368-377, June 2006. https://doi.org/10.1207/s15430421tip4504_11

LEAL, Teresa et al. Linguagem e literacia emergente: propostas de intervenção em jardim de infância. In: VIANA, F. Leopoldina; RIBEIRO, Iolanda; BAPTISTA, Adriana (coord.). Ler para ser: os caminhos antes, durante e… depois de aprender a ler. Coimbra: Almedina, 2014. p. 175-205.

MARTOS NUÑEZ, Eloy; CAMPOS FERNÁNDEZFIGARES, Mar. La lectura y la escritura en el seculo XXI: Cultura letrada y modernidad. Álabe, Almería, n. 5, p. 1‐12, jun. 2012.

MARTOS NUÑEZ, Eloy; GARCÍA, Alberto Eloy Martos. La lectura universitaria y los mitos de la alfabetización. In: LEYVA, Elsa M. Ramírez (coord.). La enseñanza de la lectura en la universidad. México: UNAM, 2017. p. 3-28. https://doi.org/10.15645/Alabe.2012.5.13

MATA, Lourdes. Literacia familiar: ambiente e descoberta da linguagem escrita. Porto: Porto, 2006.

MELÃO, Dulce; SILVA, Ana I.; BALULA, João P. Práticas de leitura e de escrita de futuros profissionais da educação social: dos fios que se tecem as suas representações. In: GOMES, Cristina A. et al. (org.). Atas do XIII Congresso SPCE: fronteiras, diálogos e transições na educação. Viseu: Escola Superior de Educação de Viseu, 2016. p. 292-301.

MUNDÓ, Ana Camps; BADÍA, Monserrat Castelló. La escritura académica en la universidad. Revista de Docencia Universitaria, [s. l.], v. 11, n. 1, p. 17-36, 2013. https://doi.org/10.4995/redu.2013.5590

OECD. The future of education and skills: education 2030. Paris: OECD, 2018.

PINTO, Maria da Graça Lisboa Castro. As bases da leitura: entre a “ciência” da literacia precoce e a “ciência” do jogo. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 45, n. 3, p. 26-34, jul./set. 2010.

REDECKER, C. et al. The future of learning: preparing for change. Luxembourg: Publications Office of the European Union, 2011.

ROJAS, Laura Teresa Rayas; PUGA, Ana María Mendez. Los estudiantes universitarios ante la escritura del ensayo académico: dificultades y posibilidades. Innovación Educativa, v. 17, n. 75, p. 123-147, sept./dic. 2017.

RUNCO, Mark A. Creativity: theories and themes: research, development and practice. London: Academic Press, 2007.

SAWYER, Keith. Explaining creativity: the science of human innovation. Oxford: Oxford University Press, 2012.

STERNBERG, Robert; KAUFMAN, James C. (org.). The nature of human creativity. Cambridge: Cambridge University Press, 2018.

SOUSA, Otília Costa; COSTA-PEREIRA, Teresa. Escrita, leitura e aprendizagem: um estudo exploratório no ensino superior. EXEDRA, [s. l.], n. temático, p. 213-233, dez. 2016.

YOO, Joanne. Writing out on a limb: integrating the creative and academic writing identity. New Writing, v. 14, n. 3, p. 444-454, may 2017. https://doi.org/10.1080/14790726.2017.1317274

YUBERO, Santiago; LARRAÑAGA, Eloy; PIRES, Natividade. Estudo sobre os hábitos de leitura dos estudantes portugueses do ensino superior. Castelo Branco: Edições IPCB, 2014.

Publicado
2019-11-06
Como Citar
Melão, D. H. (2019). Leitura e escrita no ensino superior: reconstruindo caminhos para as “literacias acadêmicas”. Letras De Hoje, 54(2), 172-180. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2019.2.32505
Seção
Processamento da decodificação e da compreensão da leitura: