Práticas de enfermagem relativas à segurança no cuidado a idosos em serviços de saúde

  • Luiz Anildo Anacleto da Silva Departamento de Ciências da Saúde, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus de Palmeira das Missões, RS
  • Marinês Tambara Leite Departamento de Ciências da Saúde, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus de Palmeira das Missões, RS
  • Leila Mariza Hildebrantd Departamento de Ciências da Saúde, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus de Palmeira das Missões, RS
  • Taís da Rocha Giovernadi Secretaria Municipal de Saúde de Frederico Westphalen, RS
  • Aline Piaceski Kovalski Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa, RS
Palavras-chave: enfermagem, segurança, gestão da segurança, políticas de saúde, idoso.

Resumo

Objetivo: Identificar as ações de segurança a pacientes idosos atendidos em unidades básicas de saúde e em serviços hospitalares na concepção de enfermeiros.
Materiais e Métodos: Estudo de abordagem descritiva e qualitativa, desenvolvido em dois municípios do Rio Grande do Sul. Foram sujeitos do estudo, 28 enfermeiros atuantes em unidades básicas de saúde e serviços hospitalares.
Resultados: Os dados oriundos do estudo permitiram a construção de duas categorias: Segurança de idosos na prevenção de quedas; segurança de idosos na administração e uso de medicação.
Conclusão: Para a minimização dos riscos e a geração de segurança de idosos, necessita-se a implementação de múltiplas estratégias, como a reestruturação dos serviços, a reorganização da assistência e, de forma especial, a reconfiguração do processo de trabalho em saúde.

Biografia do Autor

Luiz Anildo Anacleto da Silva, Departamento de Ciências da Saúde, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus de Palmeira das Missões, RS
Enfermeiro. Doutor em Enfermagem. Docente do Curso de Enfermagem, Departamento de Ciências da Saúde, Univesidade Federal de Santa Maria - Campus de Plameira das Missões - RS.
Marinês Tambara Leite, Departamento de Ciências da Saúde, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus de Palmeira das Missões, RS
Enfermeira. Doutor em Gerontologia. Docente do Curso de Enfermagem, Departamento de Ciências da Saúde, Univesidade Federal de Santa Maria - Campus de Plameira das Missões - RS.
Leila Mariza Hildebrantd, Departamento de Ciências da Saúde, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Campus de Palmeira das Missões, RS
Enfermeira. Doutor em Ciências. Docente do Curso de Enfermagem, Departamento de Ciências da Saúde, Univesidade Federal de Santa Maria - Campus de Plameira das Missões - RS.
Taís da Rocha Giovernadi, Secretaria Municipal de Saúde de Frederico Westphalen, RS
Graduada em Enfermagem. Enfermeira da Secretaria Municipal de Saúde de Frederico Westphalen-RS.
Aline Piaceski Kovalski, Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa, RS
Enfermeira residente na Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa - RS.

Referências

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 529, de 1º de abril de 2013. Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) [internet]. Brasília: Ministério da saúde; 2013 [capturado em 11 out. 2019]. Disponível em: http://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/index.php/legislacao/item/portaria-529. https://doi.org/10.22420/rde.v11i20.774

Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente. Estratégias para a segurança do paciente: manual para profissionais da saúde. Porto Alegre: EDIPUCRS; 2013. https://doi.org/10.7476/9788575415948.0009

Quinderé PHD, Jorge MSB, Nogueira MSL, Costa LFA,

Vasconcelos MGF. Acessibilidade e resolubilidade da assistência

em saúde mental: a experiência do apoio matricial. Ciênc Saúde

Coletiva. 2013;18(7):2157-66. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-

Prochet TC, Silva MJP, Ferreira DM, Evangelista VC. Afetividade no processo de cuidar do idoso na compreensão da enfermeira. Rev Esc Enferm USP. 2012;46(1):96-102. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-62342012000100013

Izaias EM, Dellarosa MSG, Rosaneis MA, Belei RA. Custo e caracterização de infecção hospitalar em idosos. Ciênc Saúde Coletiva. 2014;19(8):3395-402. http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232014198.12732013

Luzia MF, Almeida MA, Lucena AF. Nursing care mapping for patients at risk of falls in the Nursing Interventions Classification. Rev Esc Enferm USP. 2014;48(4):632-40. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420140000400009

Correa AD, Marques IAB, Martinez MC, Laurino PS, Leão ER, Chimentão DMN. Implantação de um protocolo para gerenciamento de quedas em hospital: resultados de quatro anos de seguimento. Rev Esc Enferm USP. 2012;46(1): 67-74. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420120001

Fontanella BJB, Luchesi BM, Saidel MGB, Ricas J, Turato ER, Melo DG. Amostragem em pesquisas qualitativas: proposta de procedimentos para constatar saturação teórica. Cad Saúde Pública. 2011;27(2):388-94. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2011000200020

Bardin L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70; 2011.

Abreu DROM, Azevedo RCS, Silva AMC, Reiners AAO, Abreu HCA. Fatores associados à recorrência de quedas em uma coorte de idosos. Ciênc Saúde Coletiva. 2016;21(11):3439-46. http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320152111.21512015

Morsch P, Myskiw M, Myskiw JC. A problematização da queda e a identificação dos fatores de risco na narrativa de idosos. Ciênc Saúde Coletiva. 2016;21(11):3565-74. http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320152111.06782016

Urbanetto JS, Creutzberg M, Franz F, Ojeda BS, Gustavo AS, Bittecourt HR, Steinmetz QL, Farina VA. Morse Fall Scale: tradução e adaptação transcultural para a língua portuguesa. Rev Esc Enferm USP. 2013;47(3):569-75. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420130000300007

Pasa TS, Magnago TSBS, Urbaneto JS, Baratto MAM, Morais BX, Carollo JB. Risk assessment and incidence of falls in adult hospitalized patients. Rev Latino-Am Enfermagem. 2017;25:e2862. http://dx.doi.org/10.1590/1518-8345.1551.2862

Baixinho CRSL, Dixe MACR. Quedas em instituições para idosos: caracterização dos episódios de quedas e fatores de risco associados. Rev Eletr Enf. 2015;17(4):1-9. http://dx.doi.org/10.5216/ree.v17i4.31858

Pinto IVL, Reis AMM, Almeida-Brasil CC, Silveira MR, Lima MG, Ceccatto MGB. Avaliação da compreensão da farmacoterapia entre idosos atendidos na Atenção Primária à Saúde de Belo Horizonte, MG, Brasil. Ciênc Saúde Coletiva. 2016;21(11):3469-81. http://dx.doi.org/10.1590/1413-812320152111.19812015

Magalhães AMM, Moura GMSS, Pasin SS, Funcke LB, Pardal BM, Kreling A. Processos de medicação, carga de trabalho e a segurança do paciente em unidades de internação. Rev Esc Enferm USP. 2015;49(esp):43-50. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420150000700007

Aiolfi CR, Alvarenga MRM, Moura CS, Renovato RD. Adesão ao uso de medicamentos entre idosos hipertensos. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2015;18(2):397-404. http://dx.doi.org/10.1590/1809-9823.2015.14035

Arruda DCJ, Eto FN, Velten APC, Morelato RL, Oliveira ERA. Fatores associados à não adesão medicamentosa entre idosos de um ambulatório filantrópico do Espírito Santo. Rev Bras Geriatr Gerontol. 2015;18(2):327-37. http://dx.doi.org/10.1590/1809-9823.2015.14074

Azevedo Filho FM, Pinho DLM, Bezerra ALQ, Amaral RT, Silva ME. Prevalência de incidentes relacionados à medicação em unidade de terapia intensiva. Acta Paul Enferm. 2015;28(4): 331-6. http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201500056

Souza MJ, Real DSS, Cunha ICKO, Bohomol E. Práticas seguras para administração de medicamentos: construção e validação de instrumento. Enferm Foco. 2017;8(3):20-5. https://doi.org/10.21675/2357-707X.2017.v8.n4.973

Publicado
2019-12-06
Seção
Artigos Originais