Diário das memórias da aprendizagem

Palavras-chave: Memórias, Aprendizagem, Ressignificação, Língua portuguesa

Resumo

A presente proposta abordada neste estudo objetiva refletir sobre uma estratégia de ensino para as aulas de língua portuguesa, a partir do registro das memórias da aprendizagem no gênero “diário”. A atividade foi realizada com oitenta alunos do nono ano do ensino fundamental, no Colégio Marista Pio XII, na cidade de Novo Hamburgo. Por meio da produção de um diário das memórias da aprendizagem a docente observou um crescimento na aprendizagem dos educandos, de forma autônoma e protagonista, podendo, assim, mediar e intervir a fim de que ela realmente se efetivasse. O gênero diário além de possibilitar aos alunos narrar suas aprendizagens, proporcionou que eles se posicionassem sobre elas, explicando-as, argumentando-as e revisitando-as, durante todo o processo de construção do conhecimento, sendo fonte de ressignificação do processo de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tatiane Peres Zawaski, Colégio Marista Pio XII (CMPXII), Novo Hamburgo, RS, Brasil.

Doutoranda em Memória Social e Bens Culturais, no Programa de Pós-Graduação em Memória Social e Bens Culturais, da Universidade La Salle, em Canoas, RS, Brasil – Bolsista CAPES. Professora de Língua Portuguesa, Literatura e Produção Textual, na educação básica, no colégio Marista Pio XII, em Novo Hamburgo, RS, Brasil.

Referências

AUSUBEL, David. Paul. Educational psychology: a cognitive view. Nova York: Holt, Reinehart and Winston Inc., 1968.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2011.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2010.

LIRA, Bruno Carneiro. Práticas pedagógicas para o século XXI: a sociointeração digital e o humanismo ético. Petrópolis, RJ: Vozes, 2016.

MOREIRA, Marco Antônio; MASINI, Elicie F. Salzano. Aprendizagem significativa: a teoria de David Ausubel. São Paulo: Centauro, 2001.

PÉREZ GÓMEZ, Ángel I. A educação na era digital: a escola educativa. Porto alegre: Penso, 2015.

SABORROJA, Jaume Carbonell. Pedagogías del siglo XXI: alternativas para la inovación educativa. Barcelona: Octaedro, 2015.

VASCONCELOS, Celso dos Santos. Construção do conhecimento em sala de aula. São Paulo: Libertad, 2014.

ZAWASKI, Tatiane Peres; RAMIREZ, Vera Lúcia. O lúdico no ensino de Língua Portuguesa, nos anos finais do ensino fundamental: buscando outras formas de ensino e aprendizagem. Web Revista Linguagem, Educação e Memória, Campo Grande, v. 2, n. 13, p. 92-106, dez. 2017.

Publicado
2021-12-14
Como Citar
Zawaski, T. P. (2021). Diário das memórias da aprendizagem. Caderno Marista De Educação, 12(1), e41388. https://doi.org/10.15448/2763-5929.2021.1.41388
Seção
Relatos de Experiência