PRIMEIRO REGISTRO DO PARASITÓIDE Psyllaephagus bliteus RIEK (HYMENOPTERA, ENCYRTIDAE) NO ESTADO DE SANTA CATARINA, BRASIL

  • Flávio Roberto Mello Garcia Universidade Federal de Pelotas
  • Marcoandré Savaris UNOCHAPECÓ
  • Dayana Von Muller Pereira UNOCHAPECÓ
Palavras-chave: Eucalyptus, Glycaspis brimblecombei, controle biológico, praga

Resumo

O parasitóide Psyllaephagus bliteus Riek é nativo da Austrália e foi detectado pela primeira vez no Brasil em 2003. O objetivo do estudo foi de inventariar as espécies de parasitóides, que atuam no controle do psilídeo-de-concha Glycaspis brimblecombei Moore no município de Chapecó, região produtora de Eucalyptus do estado de Santa Catarina, Brasil. As coletas de folhas infestadas com G. brimblecombei foram realizadas em reflorestamento de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden, Eucalyptus camaldulensis Dehn e Eucalyptus tereticornis Smith em outubro de 2005. O primeiro registro de ocorrência de P. bliteus é relatado para o estado de Santa Catarina. Esta espécie é promissora para o controle biológico da praga nesta região.

Biografia do Autor

Flávio Roberto Mello Garcia, Universidade Federal de Pelotas
polsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. possui graduação em Ciências Biológicas (1992), mestrado (1996) e doutorado (2002) em Zoologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Realizou treinamentos no United States Department of Agriculture (USDA) nos Estados Unidos e na ESALQ/USP. Atua como professor universitário desde 1995. Atualmente é pesquisador do CNPq, professor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pesquisador do Grupo de pesquisa em Biodiversidade de moscas-das-frutas da USP, avaliador externo do Ministério da Educação, consultor ad hoc do CNPq, da Fundação de Ciência e Tecnologia do Distrito Federal, de Pernambuco e Santa Catarina, consultor de 22 periódicos nacionais e internacionais, Perito do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados do Ministério Público de Santa Catarina.Tem experiência na área e Ecologia de Insetos no Brasil e em Moçambique. Foi agraciado com os prêmios The Leading Scientists of the World (Cambridge, England), American Medal of Honor (USA) e Great Minds of 21st Century (USA).
Marcoandré Savaris, UNOCHAPECÓ
Possui graduação em Ciencias Biológicas pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2007), graduação em Desenvolvimento Regional pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2007), especialização em Biologia da Conservação pela Universidade de Passo Fundo (2009) e mestrado em Agronomia pela Universidade de Passo Fundo (2010). Tem experiência na área de Zoologia/Entomologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Tephritidae, biodiversidade, interação inseto-planta e entomologia agrícola e florestal
Dayana Von Muller Pereira, UNOCHAPECÓ
possui graduação em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pela Universidade Comunitária Regional de Chapecó (2007). Tem experiência na área de Zoologia, bem como na Educação atuando diretamente com pesquisas na Formação de Professores.
Publicado
2013-05-05
Seção
Artigos