NOTA SOBRE A FAUNA DE PEQUENOS ROEDORES EM MOSAICO ANTROPOGÊNICO COM REMANESCENTE FLORESTAL DO DOMÍNIO MATA ATLÂNTICA, SUL DO BRASIL

  • Cristina Vargas Cademartori Unilasalle
  • Matheus Saraiva Unilasalle
  • Camila Saraiva Unilasalle
  • Jaqueline Andrades de Miranda UFRGS
Palavras-chave: roedores sigmodontíneos, Domínio Mata Atlântica, sul do Brasil

Resumo

O estudo foi desenvolvido na zona rural do município de Viamão, RS, com a finalidade de contribuir para o conhecimento da fauna de pequenos mamíferos em área do Domínio Mata Atlântica. A área de estudo, localizada entre as coordenadas de 30°14’S e 51°02’W, consiste de pastagens e cultivos agrícolas, remanescentes de mata secundária, plantios de eucalipto ou Pinus sp. As amostragens foram realizadas mensalmente, de julho a outubro de 2006 e de março a junho de 2007, durante quatro noites consecutivas, em fragmento de mata nativa e área de plantio de eucalipto. O esforço de captura correspondeu a 1165 armadilhas-noite. Para a captura dos roedores, foram utilizadas armadilhas do tipo gaiola dispostas em transecção e grade. As seguintes espécies de roedores sigmodontíneos foram registradas: Akodon montensis, Oligoryzomys nigripes e Sooretamys angouya. Akodon montensis e S. angouya foram constatadas, respectivamente, no plantio de eucalipto e na mata nativa, enquanto O. nigripes foi capturada em ambos os ambientes. Oligoryzomys nigripes foi a espécie mais freqüente, seguida de S. angouya e A. montensis.

Biografia do Autor

Cristina Vargas Cademartori, Unilasalle
Setor de Pós-Graduação e Pesquisa
Matheus Saraiva, Unilasalle
Curso de Ciências Biológicas
Camila Saraiva, Unilasalle
Curso de Ciências Biológicas
Jaqueline Andrades de Miranda, UFRGS
Bolsista ProDoc-CAPES
Publicado
2009-04-13
Seção
Artigos