Interlanguage in the process of learning Brazilian Portuguese in tandem modality by using Hello Talk app

Keywords: interlanguage, learning Portuguese as a foreign language, tandem learning.

Abstract

Technology has been used for a variety of activities in our daily routine, including language learning. In that context, tandem modality has spread significantly (Telles; Vassalo, 2006; Souza, 2007; Telles; Ferreira, 2010). Basically, tandem requires two interactants to learn each other’s language in a collaborative way. Correction and feedback are essential elements in that modality. For this study, part of a project developed in a subject of the English Undergraduate Course at Pará State University (UEPA), we have pointed out the tandem learning in Hello Talk app of a German student learning Brazilian Portuguese by interacting with a Brazilian student learning English and German. We have observed specifically the interlanguage of the Brazilian Portuguese learner, regarding that errors are part of a complex process (Spinassé, 2006) of language acquisition, with its own systematicity, variability (Henriques, 2012) and specific levels.

Downloads

Download data is not yet available.

References

Alexopoulou, Angélica. 2011. La función de la interlengua en el aprendizaje de lenguas extranjeras. Revista Nebrija de Lingüística Aplicada a la Enseñanza de las Lengua, 9, p. 86-101.

Almeida Filho, José Carlos Paes. 2004. Questões de Interlíngua de Aprendizes de Português a Partir ou com a Interposição do Espanhol (Língua Muito Próxima). In Antonio Simões et al. Português para Falantes de Espanhol. Campinas: Pontes Editores.

Bedran, Patrícia Fabiana & Barbosa, Selma Maria Abdalla Dias, 2014. Diários Reflexivos: Contribuição na (re)significação de crenças acerca da mediação em aprendizagem virtual de línguas. Revista Contexturas, 22, p. 49-78.

Braga, Junia de Carvalho Fidelis. 2004. Aprendizagem de línguas em regime de tandem via e-mail: colaboração, autonomia e estratégias sociais e de compensação. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Minas Gerais.

Brito, Cristiane Carvalho de Paula. 2012. Entretecendo Vozes na (Re)Escrita de Diários Reflexivos de Professores de Línguas em Formação Inicial. Signum: Estud. Ling., Londrina, 15(2), p. 65-83.

Cândido, Juliana 2010. Teletandem: sessões de orientação e suas perspectivas para o curso de Letras. Dissertação de Mestrado. Universidade Estadual Paulista, São José do Rio Preto.

Dubois, Jean et al. 2011. Dicionário de linguística (16ª ed.). São Paulo: Cultrix.

Duqueviz, Barbara Cristina 2012. Nativos digitais: como alunos com alto nível de letramento digital aprendem inglês. Anais do VIII Seminário de Línguas Estrangeiras: a formação e a prática de professores de línguas estrangeiras. Disponível em:

<https://letras.ufg.br/up/25/o/VIISLE_17.pdf>. Acesso em 20 jul. 2018.

Gass, Susan & Selinker, Larry. 2008. Second Language Acquisition: An introductory course. New York: Routledge.

Góis, Eloísa 2009. As diferenças culturais no teletandem. Relatório final de bolsa PIBICUNESP. Faculdade de Ciências e Letras de Assis.

Henriques, Eunice. 2012. Análise da Interlinguagem de um falante nativo de inglês, aprendiz de português como segunda língua. In Maria Luisa Ortiz Alvarez (Org.). Novas Línguas/Línguas Novas – Questões da Interlíngua na pesquisa em linguística aplicada (p. 107-144). Campinas, SP: Pontes Editores.

Kerbrat-Orecchioni, Catherine. 2006. Análise da conversação: princípios e métodos. São Paulo: Parábola.

Lima, Marília dos Santos & Pires, Tássia Lutiana Severo. 2014. Narrativas e crenças de alunos universitários de língua inglesa: o processo de ensino-aprendizagem visto pelo olhar dos aprendizes. Domínios de [email protected], 8, 1, p. 295-315.

Miletic, Radovan. 2004. Hipóteses sobre transfer na aquisição da LS através da análise de erros – Estudo de caso. Revista Digital de Didáctica de PLNM, 3. Centro Virtual Camões.

Nunes, Edi Marli da Silva & Ramos, William César. 2011. Aprendizagem de línguas in-tandem: um suporte inovador na aprendizagem de língua inglesa. Horizontes de Linguística Aplicada, 10(1).

Ortiz Alvarez, Maria Luisa. 2002. A transferência, a interferência e a interlíngua no ensino de línguas próximas. In Proceedings of the 2. Congreso Brasileño de Hispanistas. Disponível em: <http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=MSC0000000012002000100039&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 23 jul. 2018.

Paiva, Vera Menezes de Oliveira. 2013. A formação do professor para uso da tecnologia. In Silva et al. (Orgs.). A formação de professores de línguas: Novos Olhares (Vol. 2). Campinas, SP: Pontes Editores.

Rammé, Valdilena. 2015. TANDEM: Pedalando juntos em espanhol e português. Experiência, 1(1), p. 83-93.

Rocha, Nildicéia Aparecida & Robles, Ana María del Pilar Altamirano. 2017. Interferências linguísticas na interlíngua em alunos hispanofalantes de português como língua estrangeira. Revista de Estudos da Linguagem, Belo Horizonte, 25(2), p. 641-680. Disponível em: <http://www.periodicos.letras.ufmg.br/index.php/relin/

article/viewFile/10 426/pdf>. Acesso em 23 jul. 2018.

Santana, Joelton Duarte. 2011. O papel da Interlíngua na compreensão do desenvolvimento da competência comunicativa em língua inglesa do aloglota. Web Revista SOCIODIALETO, 1(5).

Souza, Renata Amaral. 2007. Aprendizagem de línguas em e-tandem via mensagens instantâneas: um estudo de caso. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Spinassé, Karen Pupp. 2006. As interferências da Língua Materna e o aprendizado do Alemão como Língua Estrangeira por crianças bilíngues. Pandemonium Germanicum, p. 339-362.

Taveira, Cláudia Alves. 2014. Aquisição do Português Língua Não Materna: Transferências Lexicais, Sintáticas e Morfossintáticas. Dissertação de Mestrado. Universidade Aberta.

Telles, João Antônio & Ferreira, Michael. 2010. Teletandem: Possibilidades, dificuldades e abrangência de um projeto de comunicação on-line de PLE. Horizontes de Linguística Aplicada, 9(2), p. 79-104.

Telles, João Antônio & Maroti, Fábio Augusto. 2008. Teletandem: crenças e respostas dos alunos. Teoria e Prática da Educação, 12, p. 37-58. Disponível em:

<http://www.unesp.br/prograd/PDFNE2006/artigos/ capitulo9/teletandem.pdf>. Acesso em 12 jul. 2016.

Telles, João Antônio & Vassalo, Maria Luisa. 2006. Foreign Language Learning IN-TANDEM: TELETANDEM as an alternative proposal in CALLT. The ESPecialist, 27(2), p. 189-212.

Trouche, Lygia. 2004. Ensino de Português – Língua Estrangeira – Interface com aspectos socioculturais. In Português para estrangeiros: perspectivas de quem ensina. Rio de Janeiro: Intertexto.

Vassalo, Maria Luisa & Telles, João Antônio. 2008. Aprendendo línguas estrangeiras intandem: histórias de identidades. Rev. Brasileira de Lingüística Aplicada, 8(2), p. 341-381.

Published
2018-09-19
How to Cite
da Silva, E. S. C. (2018). Interlanguage in the process of learning Brazilian Portuguese in tandem modality by using Hello Talk app. BELT - Brazilian English Language Teaching Journal, 9(1), 207-222. https://doi.org/10.15448/2178-3640.2018.1.31991
Section
Article