Viajo porque preciso, volto porque te amo: Entre a arte e o cinema, a opção pelo cinema

Camila Gonzatto da Silva

Resumo


O presente artigo analisa o filme Viajo porque preciso, volto porque te amo, de Karim Aïnouz e Marcelo Gomes, a partir da sua estética e de sua narrativa, situando-o em um diálogo entre a linguagem das artes visuais e do cinema.

Texto completo:

PDF




ISSN-L: 1516-9294

e-ISSN: 1980-3710



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons

Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS