Esboço de ensaio para desconstrução do discurso penal na sociedade do espetáculo, ou... surpreendendo o público em quintais privados

Ricardo Aronne

Resumo


Uma das mais difusas dicotomias ainda presentes no discurso jurídico contemporâneo é a noção de Público e Privado. Essencial ao Liberalismo Clássico, essa dicotomia, revela agora sua crise. Esse artigo, em respeito às suas raízes existencialistas, posta suas lentes desconstrutoras nessas noções, para encontrar por trás delas o homem real (demasiadamente humano). PALAVRAS-CHAVE – Público. Privado. Discurso. Existencialismo. Pós-Modernidade. Humanismo. Arqueologia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-6746.2008.2.4467

ISSN-L: 0042-3955

e-ISSN: 1984-6746


Veritas - Revista Quadrimestral de Filosofia da PUCRS

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos princípios recomendados por essa organização de referência internacional em ética e integridade na publicação científica.http://www.publicationethics.orgbr>

Licencia Creative Commons

Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas editoriales de revistas científicas brasileñas. Disponibilidad de depósito: Azul .

 Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS