LA CUESTION DE LA USURA EN EL CONTEXTO DE LA POBREZA VOLUNTARIA

Celina A. Lértora Mendoza

Resumo


A tradição cristã, referindo-se a Jesus e aos apóstolos, desenvolveu um ponto de vista muito restrito quanto ao lucro advindo do dinheiro. Nos séculos XIlI e XIV, os religiosos que faziam votos de pobreza não só individual, mas também coletiva, defrontaram-se com teorias antigas em uma nova situação econômico-social e em seus tratados desenvolveram teses que diferiam do legado anterior.


Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-6746.1995.159.36060



ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


ISSN-L: 0042-3955 | e-ISSN: 1984-6746


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada. Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS