NOMINALISMO E PROGRESSO SCIENTIFICO NELL'ULTIMO MEDIOEVO: Giovanni Buridano

Alessandro Ghisalberti

Resumo


Os pensadores do século XN, até poucos anos, eram considerados como críticos destruidores, que minaram as bases do saber elaborado durante o século XIIl. Nos últimos anos, mostrou-se que esta ideia é falsa. O "nominalismo" de homens como Ockham, Gregório de Rimini, João Buridano e outros, representa um momento importante na história da ciência, graças principalmente à aplicação de sua refinada lógica na releitura da física e da cosmologia. Com a revisão global da linguagem filosófica, eles criaram novas linguagens, e nisto encontra- se sua contribuição para a história da ciência. Foi assim que Buridano inovou em questões de tisica, como na noção do espaço e do movimento.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-6746.1997.3.35728



ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


ISSN-L: 0042-3955 | e-ISSN: 1984-6746


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada. Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS