A LIBERDADE ENQUANTO SÍNTESE DE OPOSTOS: TRANSCENDÊNCIA, ENGAJAMENTO E INSTITUCIONALIDADE

Manfredo Araújo de Oliveira

Resumo


Principiando com uma recuperação do
legado da tradição, o texto pretende tratar,
sistematicamente, da questão da liberdade como
questão que emerge da própria experiência
originária do ser humano como ser-no-mundo. A
liberdade emerge num primeiro momento como a
capacidade de transcendência de toda e qualquer
facticidade; num segundo momento, corno engajamento
diante das inúmeras possibilidades e por
fim, liberdade só é, verdadeiramente, efetiva
enquanto mundo de instituições.


Palavras-chave


Liberdade. Reflexão. Engajamento. Instituição.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-6746.1999.4.35254



ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


ISSN-L: 0042-3955 | e-ISSN: 1984-6746


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada. Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS