Hannah Arendt e a filosofia política na era atômica

Gabriel Guedes Rossatti

Resumo


A filósofa política Hannah Arendt (1906-1975) é mundialmente conhecida como uma das principais teóricas do fenômeno do totalitarismo. Não obstante, há também como questão estrutural a atravessar seu pensamento a não menos importante questão não apenas das armas ditas nucleares (bomba atômica, bomba de hidrogênio), mas mais geralmente da ciência nuclear. Neste sentido, o presente artigo objetiva explorar, em um primeiro momento, a recepção filosófica dos acontecimentos ligados ao lançamento das primeiras bombas atômicas; num segundo, a interpretação arendtiana das questões acima aludidas para, por fim, tomando como ponto de partida a reflexão arendtiana sobre a relação entre modernidade e domínio da ciência/tecnologia atômica, pensar a nossa situação contemporânea em face de tais questões.


Palavras-chave


Hannah Arendt. Bomba atômica. Ciência nuclear. Sociedade de consumo. Processo.

Texto completo:

PDF

Referências


ARENDT, Hannah. “Totalitarian Imperialism: Reflections on the Hungarian Revolution”. In: The Journal of Politics, 20, 1 (Feb. 1958), p. 5-43.

______. “On Violence”. In: ARENDT, Hannah. Crises of the Republic. New York: Harcourt Brace Janovich Publishers, 1972. p. 103-198.

______. “Karl Jaspers: A Laudatio”. In: Men In Dark Times. New York: Harcourt Brace & Comapny, 1993. p. 71-80.

______. “Europe and the Atom Bomb”. In: ARENDT, Hannah. Essays in Understanding: 1930-1954. Ed. J. Kohn. New York: Schocken Books, 1994. p. 418-422.

______. The Human Condition. Chicago and London: University of Chicago Press, 1998.

______. “Personal Responsibilty Under Dictatorship”. In: ARENDT, Hannah. Responsibility and Judgment. Ed. J. Kohn. New York: Schocken Books, 2003. p. 17-48.

______. “Collective Responsibility”. In: ARENDT, Hannah. Responsibility and Judgment. Ed. J. Kohn. New York: Schocken Books, 2003. p. 147-158.

______. The Origins of Totalitarianism. New York: Schocken Books, 2004.

______. “Introduction into Politics”. In: ARENDT, Hannah. The Promise of Politics. Ed. J. Kohn. New York: Schocken Books, 2005. p. 93-204.

______. “The Conquest of Space and the Stature of Man”. In: ARENDT, Hannah. Between Past and Future. Penguin Books, 2006. p. 260-274.

ARON, Raymond. Paix et Guerre entre les Nations. Paris: Calmann-Lévy, 1962.

______. Le Spéctateur Engagé: entretiens avec Jean-Louis Missika et Dominique Wolton. Paris: Julliard, 1983.

CAMUS, Albert. “Actuelles I (Chroniques 1944-1948)”. In: CAMUS, Albert. Essais. Ed. R. Quilliot. Paris: Gallimard, 1965. p. 291-293.

DEMENCHONOK, Edward. “Introduction: From Power Politics to the Ethics of Peace”. In: DEMENCHONOK, Edward. (Ed.). Philosophy after Hiroshima. Cambridge: Cambridge Scholars Publishing, 2009. p. 1-40.

GAY, William C. “Nuclear Weapons and Philosophy in the Twenty-First Century: The Relevance of Initial Philosophical Responses to the Atomic Bomb”. In:

DEMENCHONOK, E. (Ed.). Philosophy after Hiroshima. Cambridge: Cambridge Scholars Publishing, 2009. p. 43-68.

JASPERS, Karl. Die Atombombe und die Zukunft des Menschen. München: Piper Verlag, 1958.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1984-6746.2016.3.18187



ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


ISSN-L: 0042-3955 | e-ISSN: 1984-6746


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada. Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS