As Dinâmicas Simbólicas e a (Re)Construção da Identidade Docente

Manfredo Carlos Wachs

Resumo


Adotamos nesta pesquisa o princípio da teoria narrativa, formulado por Paul Ricoeur, que visa a auxiliar as pessoas a narrarem a sua própria história. A significação e ressignificação da identidade docente, na dimensão da teoria narrativa, integram a relação dialética entre a mesmidade, ipseidade e alteridade. A nossa intenção é conhecer os processos de formação da identidade docente que não se restrinjam às questões cognitivas, que são fundamentais, mas também avaliar processos que considerem outras dimensões do processo de autoconhecimento. As diferentes dinâmicas utilizadas nas atividades de formação continuada visavam à reflexão sobre a identidade e a práxis docente. Por isso, elas tinham a intenção de proporcionar às pessoas docentes a reflexão sobre si-mesmo para compreender-se melhor. Neste artigo, apresentamos algumas das dinâmicas interativas e simbólicas utilizadas na pesquisa e que permitiram verificar processos de ressignificação da identidade docente.

Palavras-chave


Identidade docente. Ressignificação. Teoria narrativa. Práxis docente. Dinâmicas simbólicas. Teoria de símbolos

Texto completo:

PDF


ISSN-L: 0103-314X

e-ISSN: 1980-6736



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS