Avaliação de Medidas Implícitas e Explícitas de Carreira e Gênero

Manoela Ziebell de Oliveira, Paola Vargas Barbosa, Gustavo Gauer

Resumo


Mudanças recentes no mundo do trabalho apontam a existência simultânea de padrões de carreira e gênero tradicionais e modernos. Como consequência há uma discrepância entre as rápidas transformações e as menos ágeis mudanças nas atitudes sobre esses temas. Porém nem sempre é possível acessar tais atitudes através de medidas explícitas. O presente estudo teve por objetivo criar e validar uma medida de associação implícita de carreira e gênero, além de comparar atitudes implícitas e explícitas em relação a esses temas. Cinquenta universitários (29 mulheres) com média de 22 anos responderam o teste de associação implícita (TAI) carreira-gênero e duas questões abertas sobre o papel de homens e mulheres no mercado de trabalho. Os resultados indicaram que o TAI é capaz de identificar vieses associando mulheres e carreiras modernas e homens e carreiras tradicionais, além de caracterizar diferenças de viés entre homens e mulheres, com e sem experiência prévia de trabalho.

Palavras-chave


Carreira; gênero; teste de associação implícita

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.