O Cuidado em HIV/AIDS e a Atenção Primária em Saúde: Possibilidades de Integração da Assistência

Marilia Belfiore Palácio, Marco Antônio de Castro Figueiredo, Lícia Barcelos de Souza

Resumo


Mudanças na vivência do adoecimento pela infecção do HIV desencadearam novas exigências de cuidados e necessidades, que podem ser contempladas pelo principio da integralidade, a partir do acesso à Estratégia Saúde de
Família. O objetivo do estudo foi compreender como portadores HIV/AIDS manejam seu cuidado em saúde e suas
perspectivas de integração do cuidado. Entrevistas abertas, realizadas com 05 usuários de uma unidade especializada
no tratamento de doenças infecciosas, foram analisadas segundo procedimentos de Análise Temática de Conteúdo. A Categoria Temática Apropriação das Linhas de Cuidado, agrupou conteúdos sobre Necessidades de Comunicação;
Acesso e Cuidado em Saúde, que referiram contradições emergentes na relação entre necessidades em saúde e a (des)integralidade do sistema de saúde, apontando concepções de um modelo fragmentado de cuidado e dificuldades no intercâmbio entre níveis de atenção. Assim, o projeto terapêutico deve considerar que necessidades de comunicação, acesso e cuidado também são permeadas pela subjetivação dos usuários.

Palavras-chave


HIV/AIDS; estratégia saúde da família; integralidade; cuidado.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.