Espaços da Esperança: Habitação, Utopia e Respeito

Edson Luiz André de Sousa, Isabel Gemelli

Resumo


Este artigo se propõe a analisar as intervenções públicas nas formas de habitar e seus efeitos na subjetividade, por meio do estudo de diferentes elementos que vão desde a antecipação do projeto até as propostas efetivas, procurando pensar em alternativas que ampliem a autonomia e mantenham presentes a esfera do desejo nos sujeitos envolvidos. Como alternativa, propomos o trabalho através das utopias iconoclastas capazes de mostrar os limites de nosso pensamento e a possibilidade de vir-a-ser, alcançando, assim, um respeito mútuo inclusivo.

Palavras-chave


Habitação; políticas públicas; psicanálise; respeito; utopia iconoclasta.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.