Processo de Diferenciação dos Casais de suas Famílias de Origem

Rovana Kinas Bueno, Sabrina Alves de Souza, Mariliane Adriana Monteiro, Rosane Harb Müller Teixeira

Resumo


Este trabalho busca descrever como ocorre o processo de diferenciação do casal das suas famílias de origem. Conseguiu-se por acessibilidade os quatro casais sem filhos para a realização da entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados conforme seu conteúdo. Emergiram três categorias: Família de origem; Diferenciação; e Casamento. Os casais, principalmente as mulheres, sentem-se muito apegados e próximos às suas famílias, mesmo distantes fisicamente. As famílias, embora sofram no início, costumam apoiar a independização dos filhos. Os cônjuges possuem uma boa experiência de seus casamentos, e seus contratos matrimoniais são feitos através do diálogo. Embora compreendam o que é diferenciação, possuem dificuldade no processo.

Palavras-chave


Individualidade; casamento; relações familiares.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.