Estudo dos estágios motivacionais no tratamento de adolescentes usuários de substâncias psicoativas ilícitas

Margareth da Silva Oliveira, Karen Del Rio Szupszynski, Carlo DiClemente

Resumo


A motivação vem sendo cada vez mais estudada no tratamento de adolescentes usuários de drogas. O objetivo deste trabalho foi avaliar o estágio motivacional para mudança em adolescentes infratores usuários de substâncias ilícitas que cometeram ato infracional e analisar a relação entre o estágio motivacional e a adesão ao tratamento. O estudo foi pré-experimental, realizado no Laboratório de Intervenções Cognitivas (LABICO) – PUCRS. Os instrumentos foram: uma entrevista para coletar dados sociodemográficos; URICA (University of Rhode Island Change Assesment); BAI e BDI. Participaram deste estudo 103 adolescentes. O estudo mostrou que a maior parte dos adolescentes encontrava-se no estágio de pré-contemplação. A análise após a conclusão do tratamento mostrou que apenas 35 adolescentes concluíram o programa. Os dados encontrados evidenciaram que os adolescentes que pontuaram altos escores na pré-contemplação representaram substancialmente o número de desistências do programa, demonstrando a importância da identificação dos estágios motivacionais para a implementação do tratamento.

Palavras-chave


Adolescente; drogas; motivação; tratamento.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.