Estudo comparativo entre alunos superdotados e não-superdotados em relação à inteligência e criatividade

Fernanda do Carmo Gonçalves, Denise de Souza Fleith

Resumo


Esse estudo objetivou comparar níveis de criatividade e inteligência entre alunos superdotados e não-superdotados e examinar a relação entre os dois fenômenos nos dois grupos. Participaram 21 alunos superdotados e 27 não-superdo-
tados do 6º ano do ensino fundamental de uma escola pública em Minas Gerais. Foram utilizados os instrumentos Matrizes Progressivas de Raven – Escala Geral e Teste Torrance de Pensamento Criativo. Não foi encontrada relação entre inteligência e criatividade em nenhum dos grupos e nem diferença entre superdotados e não-superdotados quanto à inteligência. Para criatividade, os resultados apontaram diferenças significativas na originalidade verbal e figurativa. Os superdotados obtiveram médias superiores em comparação aos não-superdotados. Os resultados indicam a importância de se considerar, no processo de identificação, a diversidade de características presentes nos indivíduos superdotados.

Palavras-chave


inteligência; criatividade; superdotação; alunos superdotados.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.