Vivência comunitária católica e crescimento pessoal

Henri Karam Amorim, Mauro Martins Amatuzzi

Resumo


A pesquisa objetivou compreender os sentidos da experiência de fé vivida em uma comunidade católica como crescimento pessoal daqueles que dela participam. Em vista disso, foi proposto, em uma paróquia católica, a realização de um grupo de partilha de experiências comunitárias. Foram nove participantes, todos comprometidos com o trabalho voluntário; cinco encontros, com duração média de duas horas cada, numa periodicidade quinzenal. Após cada encontro foram redigidas narrativas registrando os momentos mais significativos do grupo. Deste conjunto de narrativas foi elaborada uma análise qualitativo-fenomenológica, reunindo por eixos de significados tudo o que foi vivido pelos participantes. Concluiu-se que a vivência da fé cristã num contexto comunitário católico é promotora de crescimento pessoal, embora tal crescimento nem sempre esteja garantido pelo simples fato de participar da comunidade, uma vez que ela é também sentida e percebida como um espaço de contradições.

Palavras-chave


Comunidade católica; desenvolvimento pessoal; estudo qualitativo-fenomenológico.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.