Gêneros: diferenças percebidas e estratégias de influência utilizadas no processo de decisão de compra

Janine Fleith de Medeiros, Cláudio Hoffmann Sampaio, Marcelo Gattermann Perin

Resumo


O presente artigo apresenta os resultados advindos de um estudo exploratório, de abordagem qualitativa, que buscou analisar as diferenças percebidas, bem como as estratégias de influência utilizadas, por homens e mulheres ao longo das etapas do processo de decisão de compra conjunta de um imóvel. Para o alcance dos objetivos, os autores optaram por realizar a coleta de dados junto a dez casais sujeitos da amostra conciliando a abordagem indireta (técnicas projetivas) com a abordagem direta (entrevistas em profundidade). Analisando-se os resultados obtidos, destaca-se que as mulheres tendem a associar a compra e o consumo com sentimentos de preocupação e solicitude narcisista, enquanto os homens relacionam ao desejo de escolha e de domínio. No que tange as estratégias de influência empregadas, identificou-se que as mulheres valem-se da emoção e os homens do maior conhecimento que dizem ter sobre o assunto (especialista).

Palavras-chave


Gêneros; processo de decisão de compra; compra conjunta; estratégias de influência.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.