Atribuições de significados ao transplante renal

Alberto Manuel Quintana, Taiane Klein dos Santos Weissheimer, Caroline Hermann

Resumo


Este trabalho teve foco na investigação das atribuições de significados ao transplante renal de pacientes com Insuficiência Renal Crônica (IRC) de um Hospital Universitário da Região Sul. Foi utilizado um método qualitativo e participaram doze pessoas na pesquisa. Os instrumentos utilizados foram a entrevista semidirigida e a autofotografia. Para a análise dos dados foi empregada a técnica de análise de conteúdo, o que permitiu que fossem construídas quatro categorias temáticas: a ansiedade da espera, os conflitos ante o doador, as expectativas em relação ao devir e a vida antes e depois do transplante. Constatou-se que a possibilidade deste traz consigo uma série de repercussões psíquicas devido o fato de ser visto como algo que restitui a vida, proporciona bem-estar e sentimento de liberdade, mesmo levando em consideração que ainda persistem os cuidados com o corpo, com a alimentação e com os
remédios.

Palavras-chave


transplante renal; significados; doença renal crônica.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.