Os métodos de investigação na pesquisa junto a cuidadores de idosos com a doença de Alzheimer

Clarissa Marceli Trentini, Marcia Toralles Avila Gonçalves

Resumo


O objetivo deste levantamento bibliográfico foi averiguar os métodos de investigação na pesquisa junto aos cuidadores de idosos com a Doença de Alzheimer (DA). Este estudo de revisão abordou pesquisas publicadas entre os anos de 2004 e 2009, por intermédio de buscas sistemáticas efetuadas em bancos de dados eletrônicos, tais como LILACS, MEDLINE, PSYCINFO e SCIELO. Foram localizadas 28.959 publicações relacionadas a cuidadores: MEDLINE (21.308), PSYCINFO (6.723), LILACS (739) e SCIELO (189). O refinamento das buscas possibilitou a localização de pesquisas específicas sobre cuidadores de idosos com DA e demonstrou que os métodos empíricos e quantitativos de pesquisa estão presentes na maioria dos estudos. Investigações que proponham métodos qualitativos e/ou a integração de métodos quantitativos e qualitativos são sugeridas, visto que os resultados indicaram que a opção pelo método de análise qualitativo foi escassa.

Palavras-chave


Métodos de Pesquisa, Cuidadores de Idosos, Doença de Alzheimer

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.