Vinculação afetiva pessoa-ambiente: diálogos na psicologia comunitária e psicologia ambiental

Deyseane Maria Araújo Lima, Zulmira Áurea Cruz Bomfim

Resumo


Este artigo abrange temáticas provenientes dos estudos em psicologia comunitária e psicologia ambiental, com ênfase na vinculação afetiva entre pessoa e ambiente presentes nos conceitos de sentimento de comunidade e no apego ao lugar. Neste sentido, visa retratar o sentimento de comunidade, e para isso situa-se o conceito de comunidade e seus pressupostos teóricos. Em seguida, trabalha-se o conceito de apego ao lugar desenvolvido por Giuliani e as contribuições de Bowlby sobre a teoria do apego. A proposta metodológica relaciona-se com a análise crítica e articulada entre textos que trabalham estes dois conceitos propiciando aproximações e distinções, por meio da pesquisa bibliográfica. Os resultados de relacionar e refletir sobre estes conceitos baseiam-se nas semelhanças como a identificação com o lugar, a satisfação de necessidades, como também se diferencia pelas especificidades do lugar e dentre outros. Conclui-se ressaltando a importância desta relação, pois possibilita a construção de novos conceitos no diálogo da psicologia comunitária e da psicologia ambiental.

Palavras-chave


Apego ao lugar; Sentimento de Comunidade; Psicologia Comunitária; Psicologia Ambiental.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.