Metacognição e Aprendizagem: como se relacionam?

Ilana Andretta, Jaqueline Garcia da Silva, Nathália Susin, Suzana Dias Freire

Resumo


A metacognição vem sendo abordada em diferentes áreas, e a clara conceituação deste termo se faz necessária para melhor aplicação em recursos de aprendizagem. Este artigo tem como objetivo principal fazer uma revisão não-sistemática sobre o tema metacognição devido à dificuldade encontrada para a definição deste construto. Determinadas bases de dados foram pesquisadas, como PubMed, Scielo, PsychInfo, Web of Science e Lilacs, no período de 2001 a 2007. Os descritores utilizados na pesquisa foram: metacognição, aprendizagem, metacompreensão, estratégias de aprendizagem, metamemória, fenômeno ponta-da-língua e meta-aprendizagem. Os artigos selecionados foram agrupados por definição de termos. A partir disto, foi elaborada uma descrição da metacognição e suas funções, estratégias e processos. O estreito vínculo com a aprendizagem é uma importante ferramenta para otimização do estudo e resolução de problemas. Os esclarecimentos obtidos neste estudo sugerem questões para futuras pesquisas no âmbito educacional, para aprimorar a relação ensino/aprendizagem.

Palavras-chave


Metacognição; aprendizagem; ensino.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.