Aspectos cognitivos do glioma de baixo grau: estudo de caso

Rochele Ferronato Correa da Silva, Cibila Vieira Dertelmann, Thirzá Baptista Frison, Marcelo Mattana

Resumo


Os gliomas são tumores primários formados a partir de tecido de sustentação do cérebro e podem ter início no tronco encefálico. Refere-se que pacientes com glioma de baixo grau mostram redução nas funções cognitivas, executivas, psicomotoras e memória. O objetivo deste estudo de caso foi investigar as funções cognitivas de paciente com diagnóstico por imagem (RNM) de glioma de baixo grau no tronco cerebral. Método: O paciente foi submetido à avaliação neurológica e avaliação neuropsicológica na qual foram avaliadas as funções executivas, intelectuais, planejamento espacial, praxia motora e memória visual de curto prazo. Resultados: Os dados encontrados e discutidos demonstraram prejuízo das funções executivas e motoras. Conclusão: Os principais resultados demonstraram prejuízo das funções executivas. Verifica-se a necessidade de acompanhar a evolução de pacientes com glioma de baixo grau e propor estratégias para a reabilitação neuropsicológica que mantenham a qualidade de vida.

Palavras-chave


Glioma; funções cognitivas; avaliação neuropsicológica

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.