Avaliação das funções atencionais em alcoolistas com e sem TDAH

Janaína Castro Núñez Carvalho, Nádia de Moura Kolling, Cristiane Ribeiro da Silva, Silvia Mendes da Cunha, Christian Haag Kristensen

Resumo


Este artigo constitui uma investigação das funções atencionais de alcoolistas em relação às variáveis presença de TDAH e tempo de abstinência. A amostra foi composta por 38 participantes dependentes de álcool. Os instrumentos utilizados foram o Questionário de Comportamentos; Entrevista segundo o DSM-IV-TR para TDAH; Trail Making Test (A e B); Dígitos (ordem direta e inversa); Teste d2 de Atenção Concentrada e Teste de Stroop. O desempenho quanto ao comportamento inibitório do grupo de alcoolistas com TDAH foi significativamente inferior do que o do grupo sem este diagnóstico. Ainda, verificou-se um melhor desempenho na maioria dos testes em alcoolistas com maior tempo de abstinência, indicando uma melhora nas funções atencionais associada a esta variável.

Palavras-chave: alcoolismo; TDAH; atenção; avaliação neuropsicológica.

Palavras-chave


psicologia

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.