Experiências de participantes em um Grupo de Promoção de Saúde na Estratégia Saúde da Família

Ellen Tahan-Santos, Carmen Lucia Cardoso

Resumo


Nas últimas décadas, ocorreram transformações significativas na área da Saúde Pública, dentre elas a implantação da Estratégia Saúde da Família (ESF) o que tem demandado novas tecnologias do “fazer” em saúde. Neste sentido, objetivou-se avaliar a experiência de usuários da ESF em um grupo de promoção de saúde na comunidade. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, que utilizou o método de análise de conteúdo temática para a análise qualitativa do material. Foram realizadas seis entrevistas abertas com os participantes do Grupo. A análise das entrevistas permitiu que fossem construídas duas categorias temáticas: Concepções do Grupo e Percepções de Mudanças. Conclui-se que o Grupo é percebido como um espaço de divertimento, facilitador de vínculos e de lazer, além de auxiliar na formação de uma rede de apoio mútuo e ainda, numa maior interação entre equipe de saúde – usuários e de proporcionar mudanças em aspectos psicossociais e na qualidade de vida.

Palavras-chave


Estratégia Saúde da Família; Promoção de saúde; Grupos; Saúde Pública

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.