Motivação referente à carreira de alunos de 14 a 18 anos: um estudo exploratório

Marcos Alencar Abaide Balbinotti, Bernard Tétreau, Marcelle Gingras

Resumo


Esta pesquisa explora diferenças nos níveis de motivação referente à carreira de estudantes segundo sexo, idade, ano do ensino médio e tipo de escola. Uma amostra de 848 estudantes do ensino médio – de ambos os sexos, de idades entre 14 e 18 anos, da rede pública e privada do Rio Grande do Sul – respondeu ao Questionário de Motivação Referente à Carreira (QMRC-44). Resultados demonstraram não haver diferenças significativas nas médias conforme as variáveis controladas em estudo. Entretanto, os índices de dispersão em torno das médias tornam-se significativamente menores à medida que avança o ano do ensino médio, podendo-se interpretar que, para a variável ano do ensino médio, as respostas tornam-se mais consistentes, estáveis e precisas no terceiro ano do ensino médio. Estudos longitudinais e transeccionais, incluindo uma extensão maior de idades e de anos de estudo seriam indicados para melhor explorar a presença de diferenças significativas entre as médias das variáveis.

Palavras-chave


motivação, adolescência, desenvolvimento de carreira

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.