Qualidade de vida de pacientes obesos em preparo para a cirurgia bariátrica

Patrícia de Oliveira Vasconcelos, Sebastião Benício da Costa Neto

Resumo


A obesidade, doença crônica, multidimensional e com alto grau de comorbidades, tem aumentado nos últimos anos em muitos países. A perda de peso, por meio da cirurgia bariátrica, pode levar a uma melhoria na Qualidade de Vida(QV) das pessoas obesas. Esse estudo objetivou avaliar a percepção de QV de pessoas obesas, em condição pré-cirúrgica. Trinta obesos, grau III e II com comorbidades associadas, responderam o WHOQOL-100 e SF-36, em um hospital público. No WHOQOL-100, a área mais preservada foi a Espiritualidade, religião e valores (16,53) e as menos preservadas: Físico (11,27) e Nível de Independência (12,60). No SF-36, as áreas mais preservadas foram: Satisfação social (62,16%) e Saúde mental (60,03) e as menos preservadas: Capacidade funcional (41%), Dor (42%) e Aspectos Físicos (44%). Obesos apresentam perdas em várias dimensões da QV que podem ser compensadas por características de personalidade e pela ampliação monitorada da rede de suporte social.
Palavras-chave: Qualidade de vida; obesidade; cirurgia bariátrica; WHOQOL-100; SF-36.

Palavras-chave


qualidade de vida; obesidade; cirurgia bariátrica; WHOQOL-100; SF-36.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.