Inteligência emocional e personalidade avaliada pelo Método de Rorschach

Monalisa Muniz, Ricardo Primi

Resumo


Inteligência emocional é um construto que vem sendo pesquisado desde 1990 e sempre rodeado de muitas críticas quanto a sua existência. Uma dessas críticas levanta a questão se a inteligência emocional é de fato um novo construto ou por outro lado um novo nome para traços já estudados nas teorias da personalidade. Partindo desse questionamento o objetivo deste estudo foi investigar as relações entre esse construto e medidas de personalidade. Participaram do estudo 80 policiais do Estado de São Paulo. Para isso, foram utilizados os seguintes instrumentos: Mayer-Salovey-Caruso Emotional Intelligence Test (MSCEIT) e o Método das Manchas de Tinta de Rorschach para avaliar traços característicos de funcionamento da personalidade. Os resultados indicaram que inteligência emocional e personalidade apresentam pouquíssimas correlações, sendo todas baixas e relacionadas por conteúdos emocionais existentes nas variáveis que se associaram. Os dados sustentam evidências positivas de validade divergente para o MSCEIT.
Palavras-chave: Avaliação da inteligência; avaliação forense; validade; avaliação da personalidade.

Palavras-chave


avaliação da inteligência, avaliação forense, validade, avaliação da personalidade.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.