Diferenças de gênero na percepção da qualidade da amizade

Luciana Karine de Souza, Claudio S. Hutz

Resumo


quanto a funções da amizade, satisfação, e sentimentos positivos e negativos direcionados ao amigo. Participaram 336 mulheres com média de idade de 22,8 anos, e 206 homens, com média de 23,3 anos. As mulheres percebem suas amizades, com amigas ou amigos, como mais provedoras de funções, atribuem mais sentimentos positivos à amizade do que os homens, e sentem-se mais satisfeitas com amizades de mesmo sexo. Para homens, as amigas respondem mais às funções de autovalidação e de segurança emocional do que amigos. Não foram encontradas diferenças significativas para sentimentos negativos. Amizades entre pessoas de sexo oposto têm se tornado mais comuns, deixando de ser consideradas anormais ou idênticas a amizades de mesmo sexo. Estes relacionamentos possuem características próprias que merecem maior atenção e investigação.
Palavras-chave: Qualidade da amizade; adultos; diferenças de gênero.

Palavras-chave


amizade; qualidade; adultos; diferenças de gênero.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.