Violência comunitária, exposição às drogas ilícitas e envolvimento com a lei na adolescência

Silvia Pereira da Cruz Benetti, Cíntia Gama, Márcia Vitolo, Marina Bohnen da Silva, Aline D’Ávila, Maria Lucrecia Zavaschi

Resumo



O impacto da violência no desenvolvimento de crianças e adolescentes tem merecido destaque na área da
psicologia. As conseqüências da exposição à violência comunitária – agressões, estupros, assaltos, homicídios
e drogas, incluem alterações fisiológicas, psicológicas e de âmbito interpessoal. Este estudo teve como
objetivo verificar a prevalência de exposição à violência comunitária e identificar associações com exposição
às drogas ilícitas e envolvimento com a lei. Uma amostra de 683 adolescentes respondeu ao questionário
“Triagem da Exposição de Crianças à Violência na Comunidade”. No total, 616 (90,2%) adolescentes
sofreram diretamente e 626 (91,6%) foram expostos a pelo menos um episódio de violência. Adolescentes
expostos às drogas e com maior envolvimento com a polícia tiveram maior exposição à violência comunitária.
A escola e as relações familiares foram fatores de proteção da violência. Verificou-se, também, a importância
de investigações sobre as conseqüências da violência para o desenvolvimento de intervenções clínicas
e programas preventivos.

Palavras-chaves: Adolescentes; violência comunitária; envolvimento com a lei; drogas.

ABSTRACT
Community violence, exposure to illicit drugs and adolescent involvement with the law

The impact of violence on the development of children and adolescent has been highlighted by the
psychological field. The consequences of violence exposure in the community- aggressions, rapes, assaults,
homicide and drugs, include alterations in physiological, psychological, and in the interpersonal areas. The
objectives of this study were to verify the prevalence of community violence exposure and to identify the
associations among illicit drug exposure and involvement with the police. A sample of 683 adolescents
answered the questionnaire Community Violence Survey. A total of 616 (90,2%) adolescents directly
suffered and 626 (91,6%) were exposed to at least one violent episode. Adolescents exposed to drug and
with involvement with the police were more exposed to community violence. School and family relations
were protective factors against violence. Also, the importance of investigating the consequences of violence
for the development of clinical intervention and preventive programs was verified.

Key words: Adolescents; community violence; involvement with the law; drugs.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.