Fobia social na infância e adolescência: Aspectos clínicos e de avaliação psicométrica

Gabriel José Chittó Gauer, Hericka Zogbi, Déborah C. Beidel, José Olivares Rodríguez

Resumo



Embora a idade média de início ter sido considerada a adolescência intermediária, estudos recentes têm
evidenciado que crianças tão jovens como aos oito anos de idade podem preencher os critérios para o diagnóstico
de transtorno de ansiedade social. Além do que, este transtorno pode resultar em prejuízo, tanto
imediato como em longo prazo, em muitos aspectos do funcionamento diário e pode impedir a aquisição de
habilidades nestas crianças, bem como quando alcançarem a idade adulta. O presente artigo é uma revisão
sobre o conceito de Fobia social e sobre usos nacionais e internacionais do Inventário de Ansiedade e Fobia
Social para Crianças (SPAI-C).

Palavras-chave: Avaliação; fobia social; ansiedade social, validade de instrumentos.

ABSTRACT
Childhood and Adolescence social phobia: Clinical aspects and psychometric assessment

Although the average age of onset had been considered to be midadolescence, recent studies have determined
that children as young as age 8 may meet diagnostic criteria for social anxiety disorder. Furthermore, Social
Phobia can result in immediate and long-term impairment across many aspects of daily functioning and can
prevent the achievement of developmental milestones in these children. In this article are revised the Social
Phobia Construct as well as some aspects related to the use of two instruments for Social Phobia, the Social
Phobia Anxiety Inventory for Children (SPAI-C).

Key words: Assessment; social phobia; social anxiety, test validity.

Texto completo:

PDF


ATENÇÃO

Sistema em manutenção

Migração do sistema OJS para a versão 3.0. Durante este período os usuários:

  • Poderão acessar todo o conteúdo já publicado
  • Não poderão efetivar encaminhamentos do fluxo editorial (submissão, avaliação, publicação)

Previsão: 06/07/2020


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.