O desempenho em testes neuropsicológicos de octagenários não-dementes e com baixa escolaridade em duas comunidades do sul do Brasil

Flávio Merino de Freitas Xavier, Irani Iracema de Lima Argimon, Lorena Zuppo, Leila Mara dos Santos Lucchesi, Claudia Cipriano Vidal Heluanyc, Clarissa Marceli Trentini

Resumo



Com o objetivo de investigar qual o desempenho em testes neuropsicológicos de idosos acima de 80 anos
com poucos anos de escolaridade formal foram avaliadas duas comunidades distintas (Veranópolis, no
Rio Grande do Sul e Siderópolis, no sul de Santa Catarina). Os testes neuropsicológicos aplicados foram:
teste de Buschke, Memória de lista de palavras, Fluência verbal, Mini-exame do estado mental e partes da
WAIS-III (semelhanças, dígitos e cubos). Os desempenhos gerais e específicos em cada teste nas duas
comunidades são apresentados. Os desempenhos conforme a faixa de escolaridade e grau de saúde física,
também estão ilustrados. Em contraste com o desempenho de populações de alta escolaridade, os escores
dos testes fluência verbal e dígitos (WAIS-III) se mostraram mais baixos nas duas comunidades estudadas.
Tal resultado poderia revelar uma associação positiva entre a variável tempo de escolaridade formal e
desempenho em certos testes neuropsicológicos.

Palavras chave: Idosos; baixa escolaridade formal; testes neuropsicológicos.

ABSTRACT
Neuropsychological test performance of older adults no dements above 80 years old with lower level of
formal education and no dementia in two communities of the south of Brazil


In order to investigate the performance of older adults above 80 years old and with lower level of formal
education in neuropsychological tests, two different communities (Veranópolis in RS and Siderópolis in
the south of SC) were assessed. Tests Buschke, World list, Verbal fluency semantic, Mini-mental state
examination, WAIS-III (similarities, digit symbol and block design) were applied. General and specific
performances in each test in both communities are shown. Specific performances considering level of
education and level of physical health are also illustrated. Opposite the performance of populations of higher
education levels, test scores for Verbal fluency semantic and Digit symbol (WAIS-III) were lower in both
communities studied. Such result could revel a positive association between the time of formal education
variable and performance in neuropsychological tests.

Key words: Older adults; lower level of formal education; neuropsychological tests.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.