A estruturação da vida ocupacional e saúde mental sob a indefinição prolongada do vínculo empregatício

Livia de Oliveira Borges, Janine Maranhão

Resumo




Este estudo objetivou avaliar a associação entre a saúde mental e o nível de estruturação da vida ocupacional entre ex-bancários que viveram uma longa experiência de indefinição dos seus vínculos empregatícios em decorrência da liquidação do banco de economia no qual trabalhavam. Aplicaram-se, em uma amostra de 101 ex-bancários, alguns questionários estruturados. Os resultados revelaram três estilos de estruturação da vida ocupacional (estruturação pelo controle racional, pelo conformismo compensatório e pela crença no crescimento), a variação do nível de estruturação e a variação dos níveis de deterioração da saúde mental. A aplicação da ANOVA revelou que o grupo que apresenta o estilo de estruturação pelo conformismo compensatório tende a apresentar mais deterioração da saúde mental. A aplicação de análise de regressão mostrou, por sua vez, que o escore em deterioração em saúde mental e outros aspectos sociodemográficos oferecem previsibilidade ao nível de estruturação.

Palavras-chave: Vida ocupacional; estruturação; emprego; desemprego.

ABSTRACT

The occupation life structure and mental health in the long indefinition of employment


This study objectified to evaluate the association between the mental health and the level of occupational life structuration among bank ex-employees that live a long experience of employment undefined from the closure process of the bank. In the sample of 101 participants, some structured questionnaires were applied. The results show three stylus of occupational structured (structuration for rational control, for compensatory resignation, and for belief in the growing), the variance of structuration level, the variance of the mental health deterioration level. The application of ANOVA shows that the group with stylus of structuration by compensatory resignation trends to present more deterioration in the mental health. The application of regression analysis shows that the score of deterioration in the mental health, and other socio-demographic aspects offer prediction to the level of structuration.

Key words: Occupational life; structuration; employment; unemployment.


Palavras-chave


Vida ocupacional,estruturação,emprego,desemprego

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.