Sintomas e Quadros Psicopatológicos Identificados nas Perícias em Situações de Abuso Sexual Infanto-Juvenil

Lara Lages Gava, Doralúcia Gil da Silva, Débora Dalbosco Dell' Aglio

Resumo


Este estudo investigou a sintomatologia e os quadros psicopatológicos identificados em crianças e adolescentes supostamente vítimas de abuso sexual no contexto da perícia. Para tanto, foram analisados 674 laudos do Departamento Médico-Legal do Rio Grande do Sul resultantes de perícias psiquiátricas e psicológicas que apontaram a probabilidade de ocorrência do abuso. As supostas vítimas possuíam entre sete e 19 anos (M = 11,7; DP = 2,88), sendo 82,8% de meninas, com 66,9% de abuso do tipo intrafamiliar. Verificou-se que as variáveis idade, sexo e tipo de abuso (intra ou extrafamiliar) mostraram-se associadas à sintomatologia e aos quadros psicopatológicos identificados nos laudos. Conclui-se que, embora não exista um quadro único sintomatológico em vítimas de abuso sexual, alguns sintomas apresentam maior prevalência de acordo com idade, sexo e tipo de abuso, devendo, por isso, ser observados na avaliação pericial psíquica.


Palavras-chave


Abuso sexual; sintomas; quadros psicopatológicos; perícia psicológica; perícia psiquiátrica.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.