Perfil comportamental de crianças e adolescentes encaminhados para atendimento por enurese ou outras queixas

Marina Monzani da Rocha, Deisy Ribas Emerich, Edwiges Ferreira de Mattos Silvares

Resumo


Crianças e adolescentes com enurese compõem um grupo que frequentemente é encaminhado para atendimento psicológico em função do impacto que este transtorno pode causar. O presente trabalho comparou o perfil comportamental obtido a partir da resposta dos pais ao CBCL/6-18 de 163 crianças e adolescentes encaminhados para atendimento psicológico por apresentarem enurese com o de 79 crianças e adolescentes encaminhados em função de outros tipos de problemas. Poucas diferenças foram encontradas em função da faixa etária (crianças × adolescentes) dentro de cada grupo. Diferenças significativas foram encontradas na comparação dos grupos: os com enurese obtiveram escores mais elevados nas escalas que avaliam competências e mais baixos em sete das 11 escalas de problemas de comportamento. Os resultados sugerem estratégias diferenciadas de atendimento psicológico para as duas populações, com ênfase na enurese para o primeiro grupo e no desenvolvimento de competências e soluções para problemas comportamentais no segundo.

Palavras-chave


Avaliação; comportamento; criança; adolescente; enurese.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.