Grupo multifamiliar com adolescentes ofensores sexuais

Liana Fortunato Costa, Adeli Ribeiro, Eika Lôbo Junqueira, Fernanda Figueiredo Falcomer Meneses, Lucy Mary Cavalcanti Stroher

Resumo


O texto apresenta a proposta interventiva do Grupo Multifamiliar com adolescentes ofensores sexuais realizada no Centro de Orientação Médico Psico-pedagógico no DF. O público alvo foram os adolescentes ofensores sexuais, seus familiares bem como seus pares. O GM ocorreu em cinco encontros onde foram desenvolvidos temas específicos comuns a todas as famílias: Proteção; Sexualidade; Violência sexual é um crime; Transgeracionalidade; Projeto de namoro. Os recursos humanos incluíram a equipe do COMPP (2 psicólogos, 1 assistente social, 1 psicopedagoga/psicóloga) e a equipe da universidade (1 professor/supervisor/pesquisador, 3 alunos de graduação e 2 alunos de pós-graduação). Estiveram presentes 28 pessoas: 12 adultos, 7 adolescentes e 9 crianças. O GM totaliza 15 horas de intervenção com objetivo e foco definidos. As etapas da proposta são: Articulação com a Rede; Nivelamento de conhecimento teórico e metodológico do GM; Entrevistas familiares com cada família participante; GM com adolescentes ofensores sexuais; Avaliação da efetividade.

Palavras-chave


adolescente ofensor sexual; grupo multifamiliar; família; intervenção psicossocial.

Texto completo:

PDF




e-ISSN: 1980-8623 | ISSN-L: 0103-5371


Exceto onde especificado diferentemente, aplicam-se à matéria publicada neste periódico os termos de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, que permite o uso irrestrito, a distribuição e a reprodução em qualquer meio desde que a publicação original seja corretamente citada.