Caracterização da Clientela Infanto-Juvenil de uma Clínica-Escola de Avaliação Psicológica de uma Universidade Brasileira

Juliane Callegaro Borsa, Joice Dickel Segabinazi, Fernanda Stenert, Denise Balem Yates, Denise Ruschel Bandeira

Resumo


O objetivo do presente estudo foi caracterizar a clientela infanto-juvenil que buscou atendimento em uma clínica-escola de avaliação psicológica entre os anos de 2009 e 2011. Participaram da pesquisa 59 crianças e adolescentes de idades entre 6 e 18 anos. Utilizou-se, para coleta de dados, uma ficha de triagem e o Child Behavior Checklist (CBCL 6/18). As informações foram analisadas a partir de estatística descritiva e as diferenças entre meninos e meninas nas escalas do CBCL foram avaliadas mediante o Teste Qui-quadrado. Os resultados indicaram que a maioria dos encaminhamentos foi realizada por médicos, houve uma alta prevalência de crianças e adolescentes do sexo masculino e predominaram os problemas de comportamentos internalizantes sobre externalizantes. Observou-se, também, um elevado percentual de queixas referentes a problemas de aprendizagem e de atenção.

Palavras-chave


Clínica-escola; avaliação psicológica; crianças; problemas de comportamento; CBCL.

Texto completo:

PDF







e-ISSN: 1980-8623

ISSN-L: 0103-5371

*********************************

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons

Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2018 EDIPUCRS