Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Psico?
Acesso

Não tem login/senha?
Acesse a página de cadastro

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Diretrizes para Autores

Política Editorial

            A revista PSICO é um periódico trimestral que visa publicar resultados de pesquisas empíricas ou revisões sistemáticas na área da Ciência Psicológica, em especial estudos e experimentos englobando psicologia cognitiva, avaliação psicológica, psicologia social, psicologia do desenvolvimento, psicologia da saúde, psicologia clínica, neuropsicologia e psicobiologia. A revista publica artigos que claramente empreguem métodos de investigação na área da Psicologia e cujos resultados contribuam para o avanço da Ciência Psicológica.

            A Psico é membro do COPE - Committee on Publication Ethics - e segue suas orientações em todos os aspectos da ética de publicação e, em particular, como lidar com casos de má conduta e plágio em publicações acadêmicas. Então, o conteúdo dos trabalhos propostos é de inteira responsabilidade dos autores. E ainda, no caso de estudos envolvendo seres humanos ou animais, nos termos das Resoluções 466/12 do Conselho Nacional de Saúde e Lei 11.791 - Lei Arouca, é exigida aprovação do Comitê de Ética da instituição executante. Ademais, a revista adota o estilo editorial da APA - American Psychological Association, 6ª edição.   

            Os manuscritos propostos para publicação são avaliados pela Comissão Editorial e por dois consultores independentes. Todos os documentos devem ser encaminhados on-line pelo Sistema de Editoração Eletrônica da Revista Psico, que exige cadastro prévio do autor. São aceitos manuscritos nos idiomas Português, Inglês e Espanhol, sendo que os manuscritos submetidos em inglês são direcionados a um processo editorial "fast track", agilizando a resposta aos autores e publicação. Os documentos devem ser enviados em três arquivos eletrônicos separados, atendendo aos conteúdos específicos para cada arquivo:

  1. Documento suplementar I - Carta de Identificação (link).
  2. Documento suplementar II  - Carta aoEditor (pesquisa empírico) (link) e/ou  Carta ao Editor(revisão sistemática) (link).
  3. Documento principal - arquivo do manuscrito.

 

Especificação dos Arquivos

Documento suplementar I – Carta de Identificação

Requisitos:

  1. A “Carta de Identificação” do(s) autor(es) deve ser separada do corpo do manuscrito e anexada como documento suplementar.
  2. A “Carta de Identificação” do(s) autor(es) deve conter preenchidas obrigatóriamente as seguintes informações:

◦       Título do trabalho;

◦       Nome completo do(s) autor(es) com e-mail para contato;

◦       Respectiva(s) maior titulação acadêmica;

◦       Respectiva(s) afiliação institucional;

◦       Endereço para correspondência;

 

Documento suplementar II – Carta ao Editor

Requisitos:

  1. A “Carta ao Editor” deve ser assinada por todos os autores e anexada em formato "pdf".
  2. Na “Carta ao Editor” deve constar um endereço para correspondência.

Manuscrito

Requisitos de formatação:

 

  1. Fonte: '12, Times New Roman
  2. Margem: superior e inferior, direita e esquerda 2,5cm.
  3. Numeração de páginas: direita superior
  4. Espaçamento de linhas: 1,5 para o texto (menos para tabelas e figuras).
  5. Alinhamento do texto: justificado
  6. Número de páginas: até 18 páginas A4 (incluindo o corpo do texto, referências bibliográficas, tabelas e figuras; excluída nessa contagem as páginas de títulos, resumos e palavra-chave).
  7. Salvo em documento Word (Microsoft Word).

 

Requisitos de conteúdo:

 

  1. Não deve constar no manuscrito inicial qualquer tipo identificação quanto autoria, afiliação, órgão de fomento e/ou agradecimentos. Possibilidade admitida na versão final.
  2. Títulos, resumos e palavras-chave no mesmo arquivo do manuscrito, mas em página separada.
  3. Título em português, inglês e espanhol, com no máximo 15 palavras, sendo todas em maiúscula.
  4. Resumo em português, inglês e espanhol, com no máximo 150 palavras (ou 960 caracteres incluindose pontuações e espaços). (a) Em relatos de pesquisa, o resumo deve conter: contextualização do tema e o problema, características da amostra, instrumentos utilizados para coleta dos dados, procedimentos, resultados e conclusões. (b) Nas revisões sistemáticas de literatura, o resumo deve apresentar a abrangência temática, objetivos, método, principais resultados e conclusões. (c) Na modalidade de resenha de livro não é necessário o resumo.
  5. Palavras-chave em português, inglês e espanhol, com até 5 palavras, separadas por ponto e vírgula (;). (a) Devem estar de acordo com a terminologia em Psicologia, disponível na BVS-Psi:  http://newpsi.bvs-psi.org.br/cgi-bin/wxis1660.exe/iah/?
  6. No destaques de: palavras, expressões ou pequeno texto, apenas sublinhar (não utilizar negrito e/ou itálico).
  7. Citações de texto: ao se fazer referência a trabalho de um ou mais autores mencionar somente seus respectivos sobrenomes. Utilizar a formatação da APA** conforme o número de autores.
  8. Citação indireta: Quando a referência é feita com base em fonte secundária, cita-se o autor original, com a indicação “in” do autor da fonte consultada.
  9. Citação no correr do texto e citação em bloco: citação textual inferior a 40 palavras deve ser inserida no correr do texto.
  10. Citação no correr do texto e citação em bloco: citação superior a 40 palavras deve ser, toda ela, sem aspas (no início e final), em espaço duplo em igual fonte '12, situada a 5 caracteres da margem esquerda até o final da margem direita.
  11. Rodapé: evitar uso de notas de rodapé, utilizando somente quando de extrema necessidade, para esclarecimento da expressão utilizadas.
  12. Mencionar procedimentos éticos adotados.
  13. Ao final do manuscrito, descrever a contribuição individual de cada autor para a produção da pesquisa e do manuscrito.

 

Requisitos para tabelas e figuras:

 

  1. Tabelas, figuras e anexos devem ser apresentados ao final do manuscrito em folhas separadas (uma por página).
  2. Itens gráficos devem estar identificados por número e título (nota de rodapé e legenda se necessário), cabendo ao autor indicar com “inserir aqui”, ao longo do texto, onde eles devem estar.
  3. Leva o nome de figura toda imagem que ilustra o texto por gráfico estatístico, desenho ou foto.
  • O autor se responsabiliza pela qualidade das figuras (desenhos, ilustrações e gráficos), que deverão permitir redução sem perda de definição, para os tamanhos de uma ou duas colunas, pois não é permitido o formato paisagem.
  • Figuras digitalizadas deverão ter extensão JPEG e resolução mínima de 600 DPI.
  1. Tabelas e figuras devem estar formatadas conforme regras APA*.

 

 

Requisitos para as referências bibliográficas:

 

  1. Pelo menos 40% das referências bibliográficas devem ter sido publicadas nos últimos 5 anos (2012~2017).
  2. Inicia-se cada referência sem recuo, na margem esquerda.
  3. Escreve-se com letra maiúscula somente a inicial do sobrenome e abreviação do primeiro e segundo nome de cada autor.
  4. O(s) sobrenome(s) do(s) devem ser seguidos do ano da publicação; quando livro e/ou trabalho acadêmico, título e subtítulo em itálico; quando publicação de periódicos e/ou revistas, nome da revista/periódico volume em itálico
  5. Obrigatoriamente, todas as referências bibliográficas devem incluir o DOI (CrossRef Publisher Membership Information). Para tanto, indicamos que após formatação das referencias de acordo com a última edição da APA, submeta o conjunto ao site http://www.crossref.org/SimpleTextQuery/ , para obtenção automática dos DOI. Para aqueles inexistentes, indicar após a referências "(DOI INEXISTENTE)"
  6. Todas as referências devem estar formatadas conforme regras da APA*.

 

            A Revista Psico utiliza como referência as normas da *American Psychological Association – APA (6ª edição). Para um guia de conferência rápido, consulte o endereço eletrônico: http://www.apa.org/pubs/authors/manuscript-check.aspx.

 

Linguagem 
Será dada preferência a artigos escritos em Inglês, mas manuscritos escritos em Português ou Espanhol também podem ser submetidos. Apenas manuscritos escritos em linguagem clara e correta serão enviados para revisão por pares. 

Considerações Éticas 

Autores que relatam estudos com seres humanos devem considerar todos os aspectos éticos relacionados ao trabalho apresentado e incluir (na parte de Métodos do manuscrito) informações detalhadas sobre o processo de consentimento informado, incluindo o método utilizado para avaliar a capacidade do participante em consentir participar no estudo e os cuidados adotados para proteger todos particiantes.  Especificamente os autores devem condiderar todas as questões éticas relevantes em sua pesquisa e discuti-las se necessário.

Todos os pesquisadores relatando dados oriundos de pesquisa humana ou animal devem ter obtido a aprovação de sua pesquisa nos Comitês de Ética respectivos de sua instituição. Essa aprovação deve ser mencionada na parte de Métodos do manuscrito.

Nos países onde não existem Comitês de Ética ou orgãos similares, os autores devem incluir uma declaração de que a sua pesquisa foi conduzida de acordo com a Declaração de Helsinki, NIH Policy on Use of laboratory Animals ou EU Directive on Use of Animals.

Todos os estudos envolvendo animais devem declarar que os autores seguiram as diretrizes para o uso e cuidado de animais de laboratório vigentes em sua instituição, estabelecidos por Conselhos Nacionais de Pesquisa e pelas leis pertinentes de proteção animal.

A Psico é membro e segue os princípios do Committee on Publication Ethics (COPE).

Conflitos de Interesse

Todos os autores devem declarar qualquer relação financeira ou pessoal com outras pessoas ou organizações que possam inapropriadamente influenciar (viés) seu trabalho. Exemplos de potenciais conflitos de interesse incluem relações de trabalho, consultorias, propriedade de patentes, produtos ou processos, honorários, financiamentos e bolsas. Se não houver conflto de interesse, então declare explicitamente que não existem conflitos.

Privacidade das Informações

            Os manuscritos enviados para avaliação são tratados de forma reservada, sendo acessíveis apenas à Comissão Editorial, ligada ao processo de avaliação e publicação dos artigos. Solicitações para reprodução parcial ou total dos artigos devem ser encaminhadas para apreciação da Comissão Editorial da Revista PSICO. A Revista não fornece informações a terceiros sobre manuscritos que estejam em processo de avaliação ou que tenham recebido pareceres negativos para publicação. As informações inseridas no cadastro do Sistema de Editoração Eletrônica da Revista Psico, serão utilizadas exclusivamente para os propósitos da revista, não estando disponíveis para outros fins.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita, estar dentro do escopo da PSICO, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; não sendo o caso, justificar em "Comentários ao Editor".
  2. Existem tres arquivos distintos para submissão, quais sejam:

    1) Arquivo do Manuscrito, sem nenhum tipo de identificação do(s) autor(es) e sugestão de pareceristas;

    2) Carta de Identificação;

    3) Carta de Encaminhamento empírico  e Carta de Encaminhamento de revisão 

  3. O texto está em formato Microsoft Word, espaço 1,5; usa uma fonte Times New Roman de 12-pontos; com figuras e tabelas no final do texto, e não inseridas no decorrer do mesmo.
  4. O texto segue os requisitos de formatação da revista, encontradas na seção "Submissões" da Revista.
  5. Inserir o arquivo do Manuscrito, inserido no campo “Documento Principal”.
  6. Inserir o arquivo Carta de Identificação

    no campo "Documento Suplementar. Não esquecer da indicação OBRIGATÓRIA  dos potenciais avaliadores para o manuscrito.

  7. Inserir o arquivo Carta de Encaminhamento assinada pelo(s) autor(es) em formato pdf também no campo "Documento Suplementar".
 

Declaração de Direito Autoral

A Psico proporciona acesso público a todo seu conteúdo, seguindo o princípio que tornar gratuito o acesso a pesquisas gera maior intercâmbio global de conhecimento. Para maiores informações sobre esta abordagem, visite Public Knowledge Project. Não há qualquer taxa de processamento de artigos (article processing charge - APC). Uma vez que o artigo é publicado, os direitos autorais sobre a publicação passam automaticamente para PSICO.  Solicitações para reprodução parcial ou total dos artigos devem ser encaminhadas para apreciação da Comissão Editorial da Revista PSICO. Os conceitos e declarações contidos nos trabalhos são de total responsabilidade dos autores

Todo conteúdo deste periódico, exceto quando especificado diferentemente, está registrado sob uma licença Creative Commons do tipo atribuição (CC BY), que permite uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que a publicação original seja corretamente citada.

 

Política de Privacidade

• As informações inseridas no cadastro do Sistema de Editoração Eletrônica da Revista Psico serão utilizadas exclusivamente para os propósitos da revista, não estando disponíveis para outros fins.

• A Revista não fornece informações a terceiros sobre manuscritos que estejam em processo de avaliação ou que tenham recebido pareceres negativos para publicação.

• Os manuscritos enviados para avaliação são tratados de forma reservada, sendo acessíveis apenas à Comissão Editorial ligada ao processo de avaliação e publicação dos artigos.