Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A revista PSICO é um periódico trimestral que visa publicar resultados de pesquisas empíricas ou revisões sistemáticas na área da Ciência Psicológica, em especial estudos e experimentos englobando psicologia cognitiva, avaliação psicológica, psicologia social, psicologia do desenvolvimento, psicologia da saúde, psicologia clínica, neuropsicologia e psicobiologia. A revista publica artigos que claramente empreguem métodos de investigação na área da Psicologia e cujos resultados contribuam para o avanço da Ciência Psicológica.

 

 

Políticas de Seção

Editorial

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Resenha

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Seção Especial - 40 anos da revista Psico

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Relato de Experiência

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Processo de Avaliação dos Manuscritos,

Os manuscritos propostos para publicação na revista PSICO são avaliados pela Comissão Editorial e por dois consultores independentes (pares acadêmicos) experts na temática do texto e reconhecidos pela sua competência na área onde se insere o trabalho submetido. A indicação de potenciais avaliadores por parte dos autores, também é aceita. No entanto, estes devem pertencer a outro grupo ou instituição que não a dos autores, ainda que não haja a garantia de que serão estes indicados para a avaliação do manuscrito.

A entrada no processo editorial começa pela avaliação da adequação do manuscrito às normas da Revista que é realizada pela equipe de apoio editorial segundo critérios estabelecidos. Após, a Comissão Editorial avalia o trabalho submetido quanto ao seu potencial para publicação, levando-se em conta o escopo e metodologia, tendo como parâmetros a política editorial da PSICO. Se a avaliação for negativa, o artigo é arquivado mediante comunicação com os autores.

Em caso de uma apreciação inicial positiva, o manuscrito é encaminhado aos Editores Associados que selecionam e encaminham aos pareceristas ad hoc para avaliação. A análise por pares segue a modalidade duplo cego.

O manuscrito deve ser submetido de maneira anônima, sem qualquer tipo de identificação quanto autoria, instituição de origem. Os pareceres resultantes da análise do conteúdo poderão recomendar aos editores a aceitação sem modificações, aceitação condicional a modificações, ou a rejeição do manuscrito.Os autores terão acesso a uma síntese dos pareceres dos avaliadores. A identificação dos pareceristas não será informada. As versões reformuladas serão reavaliadas pela Comissão Editorial, podendo esta solicitar tantas mudanças quantas forem necessárias para a aceitação final do texto. Em caso de rejeição o manuscrito é arquivado, mediante a notificação dos autores.

Várias das etapas do processo editorial (Fluxograma) podem ser acompanhadas diretamente pelo sistema eletrônico da Revista Psico, junto à página do autor.

 

Periodicidade

Trimestral

 

Política de Acesso Livre

Este periódico proporciona acesso aberto a todo seu conteúdo, seguindo o princípio de que tornar gratuito o acesso à pesquisa científica gera um maior intercâmbio global de conhecimento. Tal acesso está associado ao aumento da leitura e citação do trabalho de um autor.Para maiores informações sobre esta abordagem, visite Public Knowledge Project.

Todo conteúdo deste periódico, exceto onde identificado, está registrado sob uma licença Creative Commons do tipo atribuição (CC BY), que permite uso irrestrito, distribuição e reprodução em qualquer meio, desde que a publicação original seja corretamente citada.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre bibliotecas participantes e permite às bibliotecas criar arquivos permanentes da revista para preservação e restauração. Leia mais...

 

Política Editorial

Linguagem 
Será dada preferência a artigos escritos em Inglês, mas manuscritos escritos em Português ou Espanhol também podem ser submetidos. Apenas manuscritos escritos em linguagem clara e correta serão enviados para revisão por pares. 

Considerações Éticas 

Corpo Editorial

Os editores da revista PSICO assumem o compromisso de agirem com equilíbrio, objetividade e justiça enquanto lidarem com material submetido e publicado. Assumem evitar qualquer forma de discriminação de gênero, de orientação sexual, de crenças religiosas e políticas, e de origem étnica e geográfica dos autores. 

Os editores garantem que os artigos serão considerados e aceitos unicamente pelo seu mérito acadêmico, sem qualquer influência comercial.

Na ocorrência de qualquer reclamação sobre questões éticas ou de conflito de interesses, os editores adotarão ações  adequadas e de acordo com ad diretrizes do Committee on Publication Ethics (COPE).

Revisores

Os revisores da PSICO assumem que farão uma revisão cega, de alta qualidade, objetiva e dentro do tempo previsto. Eles manterão a confidencialidade sobre qualquer informação recebida pelo processo de revisão por pares e não manterão cópia do manuscrito após o processo de revisão encerrar.
 
Os revisores devem assumir o compromisso de alertar o editor sobre qualquer conteúdo publicado ou submetido que seja substancialmente semelhante ao material que está revisando. Devem se comprometer a declarar qualquer conflito de interesse (financeiro, institucional, profissional, interpessoal, ou outras relações entre revisor e autor) relacionado a processo de revisão de pares e, se necessário, declara-se impedido de revisar.

Autores

Autores que relatam estudos com seres humanos devem considerar todos os aspectos éticos relacionados ao trabalho apresentado e incluir (na parte de Métodos do manuscrito) informações detalhadas sobre o processo de consentimento informado, incluindo o método utilizado para avaliar a capacidade do participante em consentir participar no estudo e os cuidados adotados para proteger todos particiantes.  Especificamente os autores devem condiderar todas as questões éticas relevantes em sua pesquisa e discuti-las se necessário.

Todos os pesquisadores relatando dados oriundos de pesquisa humana ou animal devem ter obtido a aprovação de sua pesquisa nos Comitês de Ética respectivos de sua instituição. Essa aprovação deve ser mencionada na parte de Métodos do manuscrito.

Nos países onde não existem Comitês de Ética ou orgãos similares, os autores devem incluir uma declaração de que a sua pesquisa foi conduzida de acordo com a Declaração de Helsinki, NIH Policy on Use of laboratory Animals ou EU Directive on Use of Animals.

Todos os estudos envolvendo animais devem declarar que os autores seguiram as diretrizes para o uso e cuidado de animais de laboratório vigentes em sua instituição, estabelecidos por Conselhos Nacionais de Pesquisa e pelas leis pertinentes de proteção animal.

A Psico é membro e segue os princípios do Committee on Publication Ethics (COPE).

Conflitos de Interesse

Todos os autores devem declarar qualquer relação financeira ou pessoal com outras pessoas ou organizações que possam inapropriadamente influenciar (viés) seu trabalho. Exemplos de potenciais conflitos de interesse incluem relações de trabalho, consultorias, propriedade de patentes, produtos ou processos, honorários, financiamentos e bolsas. Se não houver conflto de interesse, então declare explicitamente que não existem conflitos.

Política frente a questões de má conduta ética

  • Qualquer pessoa pode denunciar situações de má conduta ética para o editor ou para a EDIPUCRS, desde que forneça informação responsável e suficiente para que uma investigação seja iniciada.
  • Mediante denúncia, o(s) autor(es) terá(ão) a oportunidade de dar sua resposta frente às alegações.
  • As condutas dependem da gravidade da má conduta e incluem: (a) informar ou educar autores e revisores sobre os padrõs éticos que devem ser adotados, solicitando correção; (b) enviar uma carta formal alertando sobre má conduta na pesquisa; (c) publicar uma nota alertando os leitores sobre a má conduta; (d) publicar um editorial sobre a má conduta; (e) escrever uma carta formal para a universidade ou agência de fomento denunciando o autor sobre má conduta na pesquisa; (f) retirar o artigo da revista, explicando aos leitores o motivo, enviando uma carta à universidade e as bases de indexações; (g) denunciar o caso à justiça e orgãos responsáveis.
  
Estilo de Formatação

A Psico adota as normas da APA editorial style - American Psychological Association, 6th edition.

 

 

Dados de catalogação e depósito legal

Ficha Catalográfica elaborada pelo Setor de Tratamento da Informação da Biblioteca Central da PUCRS

É realizado o depósito legal na Biblioteca Nacional

 

Direitos Autorais e Acesso

 A Psico proporciona acesso público a todo seu conteúdo, seguindo o princípio que tornar gratuito o acesso a pesquisas gera maior intercâmbio global de conhecimento. Para maiores informações sobre esta abordagem, visite Public Knowledge Project. Não há qualquer taxa de processamento de artigos (no article processing charge - APC). Uma vez que o artigo é publicado, os direitos autorais sobre a publicação passam automaticamente para PSICO.  Solicitações para reprodução parcial ou total dos artigos devem ser encaminhadas para apreciação da Comissão Editorial da Revista PSICO. Os conceitos e declarações contidos nos trabalhos são de total responsabilidade dos autores

Todo conteúdo deste periódico, exceto quando identificado, está registrado sob Creative Commons do tipo atribuição (CC BY).

 

Responsabilidade

Textos, posicionamentos teóricos e ideológicos, contidos nos trabalhos propostos, são da responsabilidade do autor.

 

Indexadores

• PsycINFO (American Psychological Association)

• Latindex – Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal

• PSICODOC - Base de datos bibliográfica de Psicología

• Doaj – Directory of open Access Journals

• Index Psi Periódicos (CFP) - BVS Psicologia ULAPSI Brasil

• Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) - Biblioteca Virtual em Saúde

• LILACS (Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde)

• Feng Chia University Libraries

• SUWECO ONLINE SERVICE

• CLASE (Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades)

• EBSCO Information Services

• Periódicos Eletrônicos de Psicologia (PePSIC)

 

Fluxograma do Processo Editorial

Acesse Fluxograma do Processo Editorial.

 

Qualis CAPES 2013-2016

ÁREA CAPES - Psicologia

CLASSIFICAÇÃO - A2

 

Política de Taxas para Processamento de Artigos

Este periódico não cobra taxas para processamento de artigos (APCs - article processing charges).