A mídia, o sagrado e as imposturas da imagem: implicações semióticas das charges de Maomé

Alberto Klein, Rozinaldo Antônio Miani

Resumo


Este trabalho dedica-se a analisar as implicações semióticas da publicação das charges de Maomé em um jornal dinamarquês em setembro de 2005. Além de descrever os impactos da publicação, que se estenderam até o ano de 2006, são consideradas aqui as dimensões políticas e religiosas da imagem, destacando também aspectos de linguagem próprios da charge. Tomando como aporte teórico os estudos empreendidos pela Escola de Tártu-Moscou, entre outras perspectivas, o artigo se debruça para estudar uma das charges, relacionando-a às posturas iconoclastas próprias da parte Protestante do Ocidente. Assim, a charge é compreendida como um dos elementos simbólicos demarcadores das tensões culturais entre Ocidente Cristão e Oriente Islâmico.

Palavras-chave


Comunicação; Maomé; charge

Texto completo:

PDF

Referências


A Bíblia Sagrada: nova tradução na linguagem de hoje. São Paulo: Sociedade Bíblica do Brasil, 1998.

BAITELLO JR., Norval. O animal que parou os relógios. São Paulo: Annablume, 1997.

BARONAS, Roberto Leiser. Caricaturas e charges sobre Maomé: derrisão, memória e resistência(s). Disponível em:. Acesso em 19/05/2007.

BAUDRILLARD, Jean. Simulacros e simulação. Lisboa: Relógio D'água, 1991.

BELTING, Hans. Likeness and presence: a history of the image before the era of art. Chicago: The University of Chicago Press, 1994.

BESANÇON, Alain. The forbidden image: an intellectual history of iconoclasm. Chicago: The University of Chicago Press, 2000.

CARVALHO, Lejeune Mato Grosso de. A polêmica das charges contra Maomé. 23/02/2006. Disponível em: . Acesso em 19/05/2007.

DIAZ, Ricardo. Charges da discórdia: a liberdade de expressão tropeçando na ética. 20.02.2006. Disponível em: http://www.duplipensar.net/dossies/crise-dascharges-de-maome/charges-da-discordia-liberdadede-expressao-tropecando-na-etica.html>. Acesso em 19/05/2007.

ECO, Umberto. Los marcos de la 'libertad' cómica. In: ECO, Umberto; et.al. Carnaval! México: Fondo de Cultura Económica, 1989, pp. 9-20.

FLUSSER, Vilém. Filosofia da caixa preta: ensaios para uma futura filosofia da fotografia. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2002.

MACHADO, Irene. Escola de semiótica: a experiência de Tartu-Moscou para o estudo da cultura. Cotia: Ateliê Editorial, 2003.

MAESTRI, Mário; MATOS, Marconi de. Charges de Maomé: há algo de muito podre no reino da Dinamarca. Fevereiro de 2006. Disponível em: . Acesso em 19/05/2007.

MIANI, Rozinaldo Antonio. As transformações no mundo do trabalho na década de 1990: o olhar atento da charge na imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC paulista. Assis, SP: Unesp/Campus Assis, 2005. Tese (Doutorado em História). Faculdade de Ciências e Letras de Assis, Universidade Estadual Paulista, Assis, 2005.

_____. A utilização da charge na imprensa sindical na década de 80 e sua influência política e ideológica. São Paulo: ECA/USP, 2000. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação). Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

SAXL, Fritz. La vida de las imágenes. Madrid: Alianza Editorial, 1989.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-3729.2008.37.4808

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Métricas por PLOS ALM. Dados disponíveis somente após 12/2014.



 


 This journal is a member of, and subscribes to the principles of, the Committee on Publication Ethics (COPE) http://www.publicationethics.org

 


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 


ISSN-L: 1415-0549 | e-ISSN: 1980-3729 | Copyright: © 2017 EDIPUCRS

Avaliação do Qualis CAPES | ÁREA CAPES - Ciências Sociais Aplicadas | CLASSIFICAÇÃO - A2

REVISTA FAMECOS: publicação do Programa de Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PPGCOM/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681, Prédio 7 | Bairro Partenon - CEP: 90619-900 | Porto Alegre, RS, Brasil
tel/fax: 55 51 3320.3658
e-mail: revistadafamecos@pucrs.br