Fundamentos teóricos das Relações Públicas e da Comunicação Organizacional no terceiro setor: perspectiva alternativa

Cicilia M. Krohling Peruzzo

Resumo


Este texto discute a comunicação no terceiro setor, uma vez apropriada por movimentos sociais e organizações civis sem fins lucrativos, no seu processo de mobilização e relacionamento público. O objetivo é identificar tendências e compreender suas especificidades, quando realizadas na perspectiva da transformação social e no exercício da cidadania. O estudo é de base teórico-conceitual, a partir de pesquisa bibliográfica e de análise de práticas alternativas de comunicação. A comunicação identificada como comunitária se liga a organizações e movimentos sociais, cuja razão de existir é diferente daquela que rege o mercado, porque se vincula a práticas coletivas que visam democratizar os direitos de cidadania.

Palavras-chave


Comunicação Organizacional; Relações Públicas Comunitárias; Movimentos Sociais; Terceiro Setor; Cidadania

Texto completo:

PDF

Referências


BONA, Nívea Canalli. A comunicação e o papel do comunicador nas ONGs sociais. 2008. 270 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social) - Universidade Metodista de São Paulo, São Bernardo do Campo, 2008.

CARVALHO, Carmella B. de. Relações Públicas nos programas de responsabilidade social. In: KUNSCH, Margarida M. Krohling; KUNSCH, Waldemar Luiz (Orgs.). Relações Públicas comunitárias: a comunicação em uma perspectiva dialógica e transformadora. São Paulo: Summus: 2007.

CASTRO, Gardene Leão de; MENDONÇA, Maria Luisa Mendonça de. Comunicação no terceiro setor: tendências e desafios. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO, 26., Belo Horizonte, 2003. Anais... São Paulo: Intercom, 2003.

CÉSAR, Regina Célia Escudero. As Relações Públicas frente ao desenvolvimento comunitário. Comunicação e Sociedade, n. 32. p. 89-112. São Bernardo do Campo: UMESP, 1999.

CÉSAR, Regina Célia Escudero. Movimentos sociais, comunidades e cidadania. In: KUNSCH, Margarida M. Krohling; KUNSCH, Waldemar Luiz (Orgs.). Relações Públicas comunitárias: a comunicação em uma perspectiva dialógica e transformadora. São Paulo: Summus: 2007.

DEMO, Pedro. Participação é conquista. São Paulo: Cortez, 1988.

DRUCKER, Peter F. Administração de organizações sem fins lucrativos: princípios e práticas. São Paulo: Pioneira, 2001.

FERNANDES, Rubem César. O que é terceiro setor? In: IOSCHPE, E. B. et al. (Orgs.) Terceiro setor: desenvolvimento social sustentável. São Paulo: Paz e Terra, 1997. Disponível em: www.rits.org.br/idac.rits.org.br/iadc. Acesso em: 1 nov. 2006.

GOHN, Maria da Glória. Teorias dos movimentos sociais. São Paulo: Loyola, 2004.

HENRIQUES, Marcio S.; BRAGA, Clara S.; SILVA, Daniela B. do Couto; MAFRA, Rennan L. M. Relações Públicas em projetos de mobilização social: funções e características. In: HENRIQUES, Marcio S. (Org.). Comunicação e estratégias de mobilização social. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

______. Considerações sobre o mapeamento dos públicos de projetos de mobilização social. In: PERUZZO, Cicília M. K.; COGO, Denise; KAPLÚN, Gabriel. (Orgs.). Comunicação e movimentos populares: quais redes? São Leopoldo: Unisinos/ Havana: Centro Memorial Dr. Martin Luther King Jr. Montevidéu: Universidad de la República, 2002. p. 263-274.

KUNSCH, Margarida M. Krohling. Planejamento de Relações Públicas na comunicação integrada. São Paulo: Summus, 2003.

______. Sociedade civil, multicidadania e comunicação social. In: KUNSCH, Margarida M. Krohling; KUNSCH, Waldemar Luiz (Orgs.). Relações Públicas comunitárias: a comunicação em uma perspectiva dialógica e transformadora. São Paulo: Summus, 2007.

MAFRA, Rennan. Relações Públicas e mobilização social: a construção estratégica de dimensões comunicativas. In: Congresso Bras. Científico de Com. Organizacional e Relações Públicas, 1., São Paulo, 2007. Anais... GT 5 – Relações Públicas comunitárias, comunicação no terceiro setor e responsabilidade social. São Paulo: USP, 2007.

______. Entre o espetáculo, a festa e a argumentação: mídia comunicação. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

MENEGHETTI, Sylvia Bojunga. Comunicação e marketing: fazendo a diferença no dia a dia de organizações da sociedade civil. São Paulo: Global/Instituto Fonte, 2001.

MENEZES, Dinah. Comunicação nas ONGs: luxo ou necessidade. In: CONVICOM – Congresso Virtual de Comunicação Empresarial, 2., 2005. São Paulo: Comtexto, 2005. Disponível em: www.comtexto.com.br. Acesso

em: 15 set. 2006.

MONTAÑO, Carlos. Terceiro setor e questão social: crítica ao padrão emergente de intervenção social. São Paulo: Cortez, 2002.

MURADE, José Felício G. Relações Públicas na construção da cidadania dos grupos populares. In: KUNSCH, Margarida M. Krohling; KUNSCH, Waldemar Luiz (Orgs.). Relações Públicas comunitárias: a comunicação em uma perspectiva dialógica e transformadora. São Paulo: Summus, 2007.

OLIVEIRA, Fábio Risério Moura de. Relações Públicas e a comunicação na empresa cidadã. In: Responsabilidade social das empresas. Prêmio Ethos – Valor. São Paulo: Peirópolis, 2002.

PERUZZO, Cicília M.K. Comunicação nos movimentos populares: a participação na construção da cidadania. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2004a.

______. Relações Públicas no modo de produção capitalista. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2004b.

______. Relações Públicas, movimentos populares e transformação social. Revista Brasileira de Comunicação, São Paulo: Intercom, v. 16, n. 2, p. 125-133, 1993. Disponível em: www.bocc.ubi.pt.

______. Comunicação e terceiro setor. In: DUARTE, Jorge (Org.). Comunicação pública: Estado, mercado, sociedade e interesse público. São Paulo: Atlas, 2007. p. 154-173.

______. Relações Públicas nos movimentos sociais e “comunidades”: princípios, estratégias e atividades. São Paulo, 2008.

PICCIN, Paula. A importância da comunicação em organizações não-governamentais. In: CONVICOM Congresso Virtual de Comunicação Empresarial, 2.. São Paulo: Comtexto, 2005. Disponível em: www.comtexto.com.br. Acesso em: 15 set. 2006.

SROUR, R. Henry. Poder, cultura e ética nas organizações. Rio de Janeiro: Campus, 1998.

TERCEIRO setor emprega 1,5 milhão de pessoas. (2004). Pesquisa do IBGE/IPEA/ABONG. Brasília. Disponível em: www.siai.org.br/notícia/ver.php?id=33. Acesso em: 14 out 2006.

TORQUATO, Gaudêncio. Tratado de Comunicação Organizacional e política. São Paulo: Thompson, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1980-3729.2013.1.13641

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Métricas por PLOS ALM. Dados disponíveis somente após 12/2014.



 


 This journal is a member of, and subscribes to the principles of, the Committee on Publication Ethics (COPE) http://www.publicationethics.org

 


Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.


ISSN-L: 1415-0549 | e-ISSN: 1980-3729 | Copyright: © 2017 EDIPUCRS

Avaliação do Qualis CAPES | ÁREA CAPES - Comunicação e Informação | CLASSIFICAÇÃO - A2

REVISTA FAMECOS: publicação do Programa de Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PPGCOM/PUCRS
Av. Ipiranga, 6681, Prédio 7 | Bairro Partenon - CEP: 90619-900 | Porto Alegre, RS, Brasil
tel/fax: 55 51 3320.3658
e-mail: revistadafamecos@pucrs.br

Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS