Os scans e seu entorno subcultural-colaborativo

O artigo se debruça sobre um fenômeno recente da Cibercultura, os scans, oferecendo pistas para que compreendamos as transformações deste novo espaço de interação/participação colaborativa. Ao propor uma discussão acerca dos scans, o artigo avança na percepção dos diferentes atores em nossa cultura hipertecnológica recente. A pesquisa sobre formas colaborativas através das redes é recente e, por isso, qualquer investigação oferece pistas valiosas sobre os rumos de nossa cultura e meios. O ineditismo é condição importante, mas, mais que isso, a profusão de ideias e os temas que suscitam é relevante.

Leia em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/24841