Inovação nas práticas pedagógicas no Ensino Superior: possibilidades para promover o engajamento acadêmico

Andressa Wiebusch, Valderez Marina do Rosário Lima

Resumo


Este trabalho analisou as produções científicas sobre a inovação no ensino superior, nas práticas pedagógicas e, a partir disso, identificou as possibilidades promover o engajamento estudantil. A investigação foi realizada por meio do Estado do Conhecimento, utilizando, para tanto, o portal da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT). O recorte temporal foi de cinco anos e o período de busca foi de 2012 até 2017. Realizou-se um mapeamento de dissertações e teses, relacionadas à temática, num estudo de abordagem qualitativa, e para a interpretação dos dados usou-se a análise de conteúdo proposta por Bardin (2009). Ao analisar as produções científicas sobre o tema da inovação, identificamos que elas apresentam estratégias pedagógicas que possibilitam a integração de metodologias de ensino e de tecnologias no ensino superior com o objetivo de contribuir para inovação dos processos de ensino
e aprendizagem na universidade. Com base nos trabalhos analisados, compreende-se que são necessários novos olhares para a inovação no ensino superior, visando a importância de práticas diferenciadas e de ações que
potencializem o engajamento acadêmico.


Palavras-chave


Ensino Superior. Inovação. Práticas Pedagógicas.

Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, LDA, 2009.

BARKLEY, Elizabeth F. Student Engagement Techniques: A Handbook for College Faculty. Jossey-Bass, 2010.

BERNARDO, Julio Cesar Oliveira. Leitura em dispositivos móveis digitais na formação inicial de professores. 2015. 139f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Triângulo Mineiro, Uberaba. Disponível em: < http://www2.uftm.edu.br/ppged/images/LEITURA_EM_DISPOSITIVOS_MOVEIS_DIGITAIS_NA_FORMACAO_INICIAL_DE_PROFESSORES.pdf>. Acesso em: 11 jan. 2018.

BORTOLATO, Márcia Melo. Inovação e práticas pedagógicas: o moodle no ensino presencial da Universidade Federal de Santa Catarina. 2016. 305f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina. Disponível em: . Acesso em: 13 jan. 2018.

CAMPOS, Márcia Maciel de. Inovação na formação médica no Brasil e Espanha: estudo de caso na Universidade Federal da Fronteira Sul e na Universidade de Valladolid. 2016. 223f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. Disponível em: < https://lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/148621/001003092.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 15 jan. 2018.

CHARLOT B. Formação de professores: a pesquisa e a política educacional. In: PIMENTA. S. G.; GHEDIN E. (Orgs.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2010. p. 89-109.

CHIAMENTI, Camilla. Uso de tecnologias da informação e comunicação no ensino presencial em enfermagem. 2012. 109f. Dissertação (Mestrado em enfermagem) -Universidade Federal do Rio Grande, Rio Grande. Disponível em: < http://www.ppgenf.furg.br/images/05_Dissertacoes/2012/Camila-Chiamenti.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2018.

CHRISTINO, Adriana Maria. Internacionalização de Ensino Superior: estudo de casos em cursos de Administração de instituições públicas de ensino superior. 2013. 255f. Dissertação (Mestrado em Administração de Organizações) - Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/96/96132/tde-13012014-111919/pt-br.php>. Acesso em: 13 jan. 2018.

COSTA, Glauce Dias da. Avaliação e validação do portfólio coletivo e crítico-reflexivo como método de ensino, aprendizagem e avaliação no âmbito da formação por competências. 2013. 206f. Tese (Doutorado em Ciência da Nutrição) - Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais. Disponível em: < http://www.locus.ufv.br/bitstream/handle/123456789/7279/texto%20completo.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 19 jan. 2018.

COSTA, Paulo Ricardo. Inovação no ensino e na aprendizagem em finanças: análise da literatura entre 2005 e 2015. 2015. 70f. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração) - Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 19 jan. 2018.

COSTA, Priscila Trarbach: VITÓRIA, Maria Inês Côrte. Engajamento acadêmico: apostes para os processos de avaliação da Educação Superior. EDUCERE – CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 13., 2017, Curitiba. Anais... Curitiba: Universitária Champagnat, 2017.

COUTO, Ligia Paula. A pedagogia universitária nas propostas inovadoras de universidades brasileiras: por uma cultura da docência e construção da identidade docente. 2013. 188f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade de São Paulo, São Paulo. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-13082013-164438/pt-br.php >. Acesso em: 18 jan. 2018.

CUNHA, Edjane Madza de Almeidea. Radioweb PUCPR articulada pelas redes sociais: uma experiência inovadora no ensino superior. 2013. 144f. Dissertação (Mestrado em Mídias Digitais) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. Disponível em: < https://sapientia.pucsp.br/bitstream/handle/18124/1/Edjane%20Madza%20de%20Almeida%20Cunha.pdf>. Acesso em: 10 jan. 2018.

CUNHA, Maria Isabel da. (Org.). Trajetórias e lugares da formação da docência universitária: da perspectiva individual ao espaço institucional. Araraquara, SP: Junqueira & Marin; Brasília, DF: CAPES: CNPq, 2010.

_______. Inovações na educação superior: impactos na prática pedagógica e nos saberes da docência. Em Aberto. Brasília, v. 29, n. 97, p. 87-101, 2016.

DAL PAI, Dinara. Inovação da sala de aula pela perspectiva do design estratégico: repensando o uso das tecnologias digitais para a experiência de aprendizagem. 2012. 159f. Dissertação (Mestrado em Design) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Porto Alegre. Disponível em: < http://www.repositorio.jesuita.org.br/bitstream/handle/UNISINOS/2992/inovacao_sala.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 10 jan. 2018.

DUARTE, Stephanie Pellucio. Autonomia dos multicampi das novas universidades federais: do proclamado ao real. 2015. 208 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade de Brasília, Brasília. Disponível em: < http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/19637/1/2015_StephaniePellucioDuarte.pdf>. Acesso em: 10 jan. 2018.

FILHO, Vilson Martins. Design Thinking e a criação de ativos do conhecimento na atividade docente. 2016. 312f. Tese (Doutorado em Engenharia e Gestão do Conhecimento) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2018

FREITAS, Ellen Camila de. Inovação em educação e sua influência nos modelos tradicionais de ensino superior. São Paulo, 2017. 111 f. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Escola de Administração de Empresas, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo. Disponível em: < http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/18565>. Acesso em: 10 jan. 2018.

JACOMETTE, Estela A. B. Inovação curricular em curso de Pós-Graduação Lato Sensu em gestão de negócios. 2014. 216f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 12 jan. 2018.

JOUCOSKI, Emerson. Desenvolvimento profissional e inovação curricular na licenciatura em ciências da UFPR litoral. 2015. 348f. Tese (Doutorado em Interunidades em Ensino de Ciências) - Universidade de São Paulo, São Paulo. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/81/81131/tde-12112015-103635/pt-br.php>. Acesso em: 10 jan. 2018.

MAIO, Edith Cristiane dos Santos. O impacto do uso da metodologia ativa de aprendizagem para estudantes e professores em um curso de graduação em Administração. 2014. 102 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade do Grande Rio "Prof. José de Souza Herdy", Rio de Janeiro. Disponível em: < http://tede.unigranrio.edu.br/handle/tede/113>. Acesso em: 10 jan. 2018.

MARQUES, José Carlos. A inovação como fator de vantagem competitiva nos cursos superiores a distância no Brasil. 2016. 148f. Tese (Administração de empresas) - Universidade de Presbiteriana Mackenzie, São Paulo. Disponível em: < http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/2825>. Acesso em: 10 jan. 2018.

MARTINS, Letícia Martins de; RIBEIRO, José Luis Duarte. Engajamento do estudante no Ensino Superior como indicador de avaliação. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v. 22, n. 1, p. 223-247, mar. 2017.

MARUXO, Harriet Bárbara. Webquest: inovação pedagógica na formação de professores de Enfermagem. 2015. 189f. Dissertação (Mestrado em Gerenciamento de Enfermagem) - Universidade de São Paulo, São Paulo. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7140/tde-16092015-161351/pt-br.php>. Acesso em: 11 jan. 2018.

MASETTO, Marcos Tarciso. (Org.). Inovação no Ensino Superior. São Paulo: Edições Loyola, 2012.

MAYER, Suzéte Fraga. Inovação metodológica na sala de aula com o uso de mapas conceituais no ensino superior. 2013. 97f. Dissertação (Mestrado em ensino de ciências) - Universidade de São Paulo, São Paulo. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/81/81132/tde-10042014-191840/pt-br.php>. Acesso em: 12 jan. 2018.

MORAES, Leonardo Rodrigues de. Inovações curriculares: um estudo de caso do curso de Pós-Graduação Lato Sensu MBA gerenciamento de obras, tecnologia e qualidade da construção. 2014. 145f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. Disponível em: < https://sapientia.pucsp.br/bitstream/handle/9825/1/Leonardo%20Rodrigues%20de%20Moraes.pdf>. Acesso em: 12 jan. 2018.

MOROSINI, M. Estado do conhecimento e questões de campo científico. Revista da Educação. Santa Maria, v. 40, n. 1, p. 101-116, jan./abr. 2015.

MOROSINI, M. da C; NASCIMENTO, L. M do. Internacionalização da Educação Superior no Brasil. Educação em Revista. Belo Horizonte, v. 33, 2017.

NÓVOA, António. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa, Portugal: Educa, 2009.

OLIVEIRA, Daniel Thomé de. Adoção e difusão de ambientes virtuais de aprendizagem no ensino superior presencial. 2014. 103f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. Disponível em: . Acesso em: 19 jan. 2018.

PEDROSO, Maisa Beltrame. A dimensão pedagógica da ação do nutricionista: um estudo dos projetos de formação no Brasil, Argentina e Portugal. 2012. 172f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo. Disponível em: < http://www.repositorio.jesuita.org.br/bitstream/handle/UNISINOS/3014/dimensao_pedagogica.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 13 jan. 2018.

PENSIN, Daniela Pederiva; NIKOLAI, Dirciane. A inovação e a prática pedagógica no contexto da educação superior. Unoesc & Ciência – ACHS, Joaçaba, v. 4, n.1, p. 31-54, 2013.

PINA, Fernanda da Silva Aparicio. A atitude de adoção do m-learning dos professores da educação superior: um estudo exploratório. 2015. 123f. Dissertação (Mestrado em Administração de Empresas) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. Disponível em: . Acesso em: 11 jan. 2018.

ROCHA, Mateus de Souza. Proposta de Balanced Scorecard para auxílio ao processo de gestão estratégica da internacionalização do ensino superior: um estudo de caso em universidades públicas brasileiras. 2016. 241f. Tese (Doutorado em Administração de Organizações) - Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2018.

SANTOS, Renato Augusto dos. Processo de mudança curricular no ensino superior privado: uma análise envolvendo a definição de referenciais formativos comuns entre cursos de Licenciatura. 2013. 445f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 13 jan. 2018.

SCHMITZ, Elieser Xisto da Silva. Sala de aula invertida: uma abordagem para combinar metodologias ativas e engajar alunos no processo de ensino-aprendizagem. 2016. 187f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria. Disponível em: < https://repositorio.ufsm.br/handle/1/12043>. Acesso em: 16 jan. 2018.

SILVA, João Rodrigo Santos da. Concepções dos professores de botânica sobre o ensino e a formação de professores. 2013. 219f. Tese (Doutorado em Ciências) - Universidade de São Paulo, São Paulo. Disponível em: < www.teses.usp.br/teses/disponiveis/41/41132/tde-22072013.../JoaoRodrigo_Silva.pdf>. Acesso em: 10 jan. 2018.

SOUSA, Ana Lourdes Lucena de. Formação profissional em fisioterapia: o desafio dos avanços curriculares nos projetos pedagógicos da universidade pública. 2014. 196f. Tese (Doutorado em Educação), Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo. Disponível em: < https://tede2.pucsp.br/handle/handle/9765>. Acesso em: 11 jan. 2018.

TIDD, Joe. BESSANT, John. PAVITT, Keith; tradução Elizamari Rodrigues Becker...[et al]. Gestão da Inovação. Porto Alegre: Bookman, 2008.

TOEBE, Iris Cristina Datsch. Políticas públicas para integração de tecnologias educacionais na formação inicial de professores. 2016. 170f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria. Disponível em: < https://repositorio.ufsm.br/handle/1/7291>. Acesso em: 15 jan. 2018.

TROWLER, Vicki. Student engagement literature review. 2010. Disponível em: < https://www.heacademy.ac.uk/system/files/studentengagementliteraturereview_1.pdf> . Acesso em: 20 jul. 2018.

VIDAL, Odaléa Feitosa. Práticas pedagógicas inovadoras: narrativas sobre integração das tecnologias digitais da informação e comunicação no ensino superior. 2015. 206f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Alagoas, Maceió. Disponível em: . Acesso em: 18 jan. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/2179-8435.2018.2.31607

>

e-ISSN: 2179-8435

*********************************

Avaliação do Qualis CAPES - 2016

ÁREA CAPES - Educação

CLASSIFICAÇÃO - B2

ÁREA CAPES – Ensino

CLASSIFICAÇÃO – B1


Indexado em:
 

REDIB 

 *********************************

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons

Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS