A CIDADE DE ITAJAÍ, O PORTO E A EMPRESA G. MIRANDA AGENCIA MARÍTIMA LTDA.: A INTER-RELAÇÃO ENTRE ELES E O DESENVOLVIMENTO DA REGIÃO (1970-2000).

Geneci Guimarães Oliveira

Resumo


O artigo pretende trazer à discussão os fatores que impulsionaram o desenvolvimento da cidade portuária de Itajai, a instalação de um porto e o consequente aparecimento de empresas ligadas ao setor portuário, o caso da G. Miranda Agencia Marítima Ltda. O recorte temporal estabelecido vai de 1970, período que se intensifica o êxodo rural em que a cidade precisava ser pensada no seu todo, ou seja, através de um Plano Diretor que pudesse contemplar de maneira eficaz o seu desenvolvimento; a alavancagem da produção industrial e o incremento das importações/exportações, até o ano de 2000, com significativa ampliação e readequação dos usos da estrutura urbana, dos novos espaços para o armazenamento das cargas e da quase extinção das empresas de agenciamento marítimo. A pesquisa encontra-se na fase inicial da revisão bibliográfica sobre os processos de desenvolvimento urbano; dos estudos técnicos de armazenagem de cargas e da legislação pertinente. No breve levantamento das fontes já se percebe a necessidade de investigar os rastros deixados pelos atores envolvidos e as distintas percepções dos mesmos.

Palavras-chave


Empresa. Transporte marítimo. Urbanização.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 2178-3748

 

Avaliação do Qualis CAPES 
ÁREA CAPES - História
CLASSIFICAÇÃO - B3


Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

 

 


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul

 

 

Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS