A Colônia Agrícola Nacional General Osório (CANGO) e o processo de escolarização no Sudoeste do Paraná: 1948 – 1957

Carla Cattelan, André Paulo Castanha

Resumo


O texto é parte de pesquisa concluída, que teve como objeto de investigação a construção das primeiras escolas rurais multisseriadas na/pela Colônia Agrícola Nacional General Osório (CANGO), no período de 1948 a 1957. A partir de uma análise histórica procuramos compreender a relação entre o processo de escolarização e o movimento de posse de terra, empreendidos pelos Colonos, que adentraram a região, a partir de 1940, na então denominada Vila Marrecas, município de Francisco Beltrão. A CANGO foi criada em 1943, como uma estratégia da política de colonização denominada “Marcha para o Oeste”, a qual visava à ocupação dos espaços pouco habitados, mediante a doação de lotes de terras aos colonos que migraram para a região. A CANGO construiu e manteve várias escolas primárias, a partir de 1948, uma em sua sede e as outras distribuídas pela Colônia. Totalizando até o ano de 1957, 27 escolas rurais primárias. A partir do uso de fontes da época, de entrevistas e de bibliografias, e tendo como pressupostos o materialismo histórico dialético, procuramos analisar e entender a trajetória das escolas rurais multisseriadas no período de 1948 a 1957, no município de Francisco Beltrão, período em que essa modalidade de escola ainda estava em expansão na região.

Palavras-chave


Escolas primárias rurais, o ensino multisseriado, Francisco Beltrão e CANGO.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei nº. 12.417 de 12 de maio de 1943. Cria a Colônia Agrícola Nacional "General Osório", no Estado do Paraná. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1940-1949/decreto-12417-12-maio-1943-450906-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso: 11/07/2013.

_________. Decreto – Lei Nº 2.009 de 09 de Fevereiro de 1940. Dá nova organização aos núcleos coloniais. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1940-1949/decreto-lei-2009-9-fevereiro-1940-411911-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso: 03/06/2014.

_________. Decreto – Lei Nº 3.059 de 14 de Fevereiro de 1941. Dispõe sobre a criação de Colônias Agrícolas Nacionais. Disponível em: http://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1940-1949/decreto-lei-3059-14-fevereiro-1941-413001-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso: 03/06/2014.

FRANCISCO BELTRÃO. Antropologia Visual de Francisco Beltrão: resgate histórico fotográfico 1940-1970. 1ª edição. Francisco Beltrão: Calgan Editora Gráfica, 2012.

GOMES, Iria Zanoni. 1957: a revolta dos posseiros. Curitiba – PR. Criar, 1987.

MARTINS, Rubens S. Entre jagunços e posseiros. 1ª ed. Curitiba: 1986.

NÚCLEO COLONIAL GENERAL OSÓRIO. Guias. Francisco Beltrão, 27 de fevereiro de 1956.

_________. Questionário Escolar. 1956.

_________. Resumo Mensal. Professora Italina Zancan Scotti. Junho de 1952.

_________. Exame Final. Professora Thereza Zaleski. 1952.

PADILHA, Félix. Francisco Beltrão, entrevista concedida no dia: 19 de novembro de 2013 à “Autor”.

PARANÁ, Assembleia Legislativa do Paraná. Lei n° 790 de 14 novembro de 1951. Dispõe sobre a Divisão administrativa do estado no quinquênio de 1.952 á 1.956.

Curitiba: Palácio do Governo, 1951.

FRANCISCO BELTRÃO. Álbum histórico: 1951 a 1967. Pato Branco: Gráfica Razão, 1967.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/2178-3748.2016.1.18680

e-ISSN: 2178-3748

 

Avaliação do Qualis CAPES 
ÁREA CAPES - História
CLASSIFICAÇÃO - B3


Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

 

 


Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul

 

 

Copyright: © 2006-2020 EDIPUCRS